Quem sou eu

Minha foto
Canguçu, Rio Grande do Sul, Brazil
GÉDER - do Hebraico = Muralha = Uma cidade em Judá ( Js, 12:13 )

BRASIL SEM CORRUPÇÃO !!!

BRASIL SEM CORRUPÇÃO !!!

sábado, 31 de janeiro de 2009

Estrada entre Pelotas e Canguçu volta a ser fechada



A ligação entre Pelotas e Canguçu, na BR-392, foi interrompida novamente. Conforme a concessionária Ecosul, o desvio entre os km 90 e 102 da rodovia precisou ser fechado devido às más condições de tráfego. A cada nova chuva, as condições do trecho ficam vulneráveis a atolamentos. — Sempre que o trecho piorar, suspendemos a passagem, recuperamos os pontos vulneráveis, e liberamos novamente — explica o gerente de atendimento ao usuário da Ecosul, Oscar Conceição.



Veja a atualização das condições em outras estradas da região:

> No km 66 da BR-392, o trânsito deve ser liberado até o final doste sábado, informa ele. As recuperação da estrada neste pontoe stá praticamente concluída, mas também depende do fim das chuvas. Esse ponto de bloqueio está impedindo que os caminhões mais pesados possam deixar o Porto de Rio Grande.

> O trecho de acesso por Capão do Leão, liberado na noite de sexta-feira, suporta todos os tipos de veículos. Com o desvio, o tráfego na altura do km 530 da BR-116 foi restabelecido, e permite a comunicação entre Pelotas e os municípios de Capão do Leão, Jaguarão, Bagé, Candiota, Pedro Osorio, Arroio Grande, Cerrito, Pinheiro Machado e Pedras Altas.

> Na BR 116, a Ponte do Retiro, no km 511, tem trânsito livre. Já no km 471, as obras na ponte sobre o Arroio Viúva Teresa, prosseguem e o tráfego continua sendo alternado no local.

> As pontes sobre o Arroio Kaiser, no km 92 da BR 392 e sobre o Arroio Santa Eulália, no km 94, seguem interrompidas e em obras.

Serviço:
Para obter informações sobre as condições de tráfego, ligue para a Ouvidoria da Ecosul: 0800 724.6090.

Fonte e Fotos - Site: zerohora.clicrbs.com.br

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

30 de Janeiro - DIA DA SAUDADE


SAUDADE
( Lauro Rodrigues )

Quando o sol golpeia no horizonte
e se vai reclinar por de trás do monte
como um boi colorado
repontado pelo mango de noite que tropeia
eu sofro a mágoa de tristeza,
a quietude sem fim da natureza
na saudade cruel que me maneia.
Xomíco!

Por que será
que Nosso Senhor nos dá
sem pena, nem julgamento,
a pua do pensamento
prá esporiar o coração?
Há nisso tanta maldade
que eu até nem acredito
que fosse o "tal" Jesus Cristo
o inventor da saudade...

Saudade!!!

Ela vem chegando,
tropereando...tropereando
tudo de bom que vivi.
Depois que a saudade apeia
amarra o pingo e sesteia,
nunca mais a gente ri.

Isto é:
sempre há sorriso
mas para isso é preciso
enganar como perdiz
que piando numa moita
noutra se esconde afoita
fingindo que não piou.

A gente não é feliz!

Só ri dos dentes pra fora,
um gargalhar disfarçado,
uma risada amarela,
como potro atropelado
como boiada que estoura
na saída da cancela.

Saudade cheira a alecrim
mas é ruim que nem cupim
que dá em várzea de campo;
fere a gente de tal jeito
que o coração cá no peito
se banha nágua do pranto.

Saudade é grama cidreira,
é guecha passarinheira
que a gente nunca domina;
é dor aguda e danada,
dói mais do que uma chifrada
de vaca mansa brasina.

Saudade, coisa esquisita,
que Deus te faça bendita
como a hóstia no altar!...

Pois, de tudo que já tive,
somente a saudade vive,
vive a me acompanhar!!!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Chuva Interrompe BR 392 entre PELOTAS e CANGUÇU


Mais de 10 Km da BR 392 que liga Pelotas à Santa Maria, estão com trânsito interrompido devido à chuva no Sul do estado. A queda de árvores e a pista escorregadia deixaram um trexo entre Pelotas e Canguçu ( do Km 88 ao Km 100 ) interditado.
A BR 392 ficará bloqueada até amanhã. A ponte dos Kaster ( Km 92 ), próximo ao municipio de Morro Redondo, esta ruindo e na iminência de cair.
Em Pelotas, equipe dos Bombeiros, Brigada Militar e da concessionária Ecosul, tentam chegar ao local onde um micro-ônibus caiu no Arroio Contagem, em uma estrada de chão vicinal ( VRS 737 ), localizada a 10 Km da BR 116, entre os municipios de Pelotas e Arroio do Padre.
A chuva forte fez com que a água do arroio subisse, passando sobre uma ponte que há no local. O acesso é difícil. Uma equipe do Batalhão Ambiental da Brigada Militar tenta se aproximar do veículo usando um barco. De longe não é possível saber se há vítimas no veículo.
No centro de Pelotas, muitas ruas estão alagadas e com trânsito lento. Uma criança está desaparecida no distrito pelotense de Monte Bonito, devido às chuvas. As pancadas também se extendem à outras cidades da região, como Capão do Leão e Rio Grande onde chove forte.

Fonte : Clic RBS - Foto: Cíntia Pereira

28/01/1857 - Emancipação de Canguçu - RS

O 22º município gaúcho a ser criado ( Lei nº 340, de 28 de Janeiro de 1857 ).

Canguçu , antes distrito da capital farroupilha
Piratini, foi o 22º município gaúcho a ser criado, por desmembramento do município de Piratini, do qual foi o distrito de 1831 a 1857 e "O de mais perigo e mais farrapo durante a Revolução Farroupilha ", segundo Francisco Pedro de Abreu, o Moringue. Em ata da sessão de 1857, assinada pelo líder farrapo Vicente Ferrer de Almeida, deu-se a emancipação. Desde 5 anos antes da criação de Canguçu seus filhos já eram batizados na pia batismal construída, em 1851, pelo francês Marcelino Tolosan (Marcellin Tholozan) , 6 anos depois da pacificação farroupilha.


A denominação de Canguçu deriva da palavra indígena Caa-guaçu, significando mata grande ou mato grosso, de igual forma que já foi denominada primitivamente a região onde se situa a célebre Avenida Paulista em São Paulo, bem como outros locais, segundo se conclui ou lê-se em descrições mais antigas.
Caa- guaçu era uma alusão à milenar mata grande que encobriu primitivamente a encosta da Serra dos Tapes voltada para a Lagoa dos Patos e que daria o nome a ilha de Canguçu, mais tarde chamada de ilha da Feitoria como parte da estância Feitoria depois de adquirida por esta.
Os primitivos habitantes de Canguçu foram os índios Tapes, guaranizados e subordinados aos guaranis e que deram seu nome a região onde Canguçu se assenta. Vestígios deles ainda são encontrados nos traços de habitantes do Posto Branco, Canguçu Velho e Herval
.

Fonte : Wikipédia

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Lisboa - 27 de Janeiro de 1763
















Uma carta Régia assinada pelo rei português Dom José I transfere a capital brasileira de Salvador para o Rio de Janeiro. A decisão foi tomada graças à descoberta e à corrida do Ouro na região de Minas Gerais, entre os séculos 17 e 18, o que fez com que o Sudeste brasileiro se tornasse mais importante economicamente que o Nordeste.
Fonte: Programa Radiofônico UCS - Prof. Mário Gardelin

domingo, 18 de janeiro de 2009

POEMA À MOÇA DA JANELA ( César Passarinho )

Morena quando te vejo, palanqueada na janela,

fico floreando a barbela, mordendo a perna do freio,
e desenquieto pateio, enredado num olhar,
sou pingo do teu andar, pra carregar teus anseios.

E quando um sorriso esboças, carregado de promessas,
é o proprio céu as avessas com tormentas e lampejos,
e um temporal de desejos vem respingar no meu tozo,
levando um rosto mimoso junto aos meus sonhos andejos.

Noite alta quando cruzo neste rancho onde te abrigas,
da alma vertem cantigas rastreando rimas de prata,
o coração bate pata, corretiando ao Deus dará, e a
janela ali está como a pedir serenata.

Guitarreio o meu silêncio em muda e louca seresta,
na janela em cada fresta, mil ouvidos a escutar
por certo estás a sonhar, a alma leve solta ao vento,
eu queria estar ai dentro, para te ouvir ressonar,
amanhã um outro dia, andarei longe da querencia
reculutando uma ausência que ficou de sentinela,
quero ver os olhos dela quando retornar do povo,
e lá está moça e novo na moldura da janela.

Noite alta quando cruzo neste rancho onde te abrigas,
da alma vertem cantigas rastreando rimas de prata,
o coração bate pata, corretiando ao Deus dará, e a
janela ali está como a pedir serenata. http://www.youtube.com/watch?v=ozdhhw0EzWE

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

O RIO GRANDE DO SUL está de LUTO !

Tragédia com o GRÊMIO ESPORTIVO BRASIL de PELOTAS

Esta é uma notícia que ninguém gosta de falar nem de pensar, mas é algo que infelizmente ocorreu.

Às 23h40min da noite desta quinta-feira o ônibus onde estava a delegação do Grêmio Esportivo Brasil de Pelotas, sofreu um sério acidente quando retornava de Santa Cruz do Sul, onde realizou amistoso de preparação contra a equipe do Santa Cruz.
O acidente aconteceu no entroncamento da BR/RST-471 (Encruzilhada do Sul – Canguçu) com a BR-392, há aproximadamente 50km do município de Canguçu, onde numa das alças no viaduto de acesso à BR-392 o ònibus perdeu o controle e capotou na rodovia, caindo posteriormente num barranco por aproximadamente 10m abaixo do nível da rodovia.

Restou desta feita diversos feridos dos 29 passageiros que estavam no ônibus, alguns de forma grave e que neste momento ainda se encontram em bloco cirúrgico para tentar reverter seus ferimentos e, infelizmente, três restaram vitimados fatalmente: o preparador de goleiros Giovani Guimarães, o zagueiro Régis Alves e o ídolo e artilheiro Cláudio Millar.

Fonte : Blog Supremacia Colorada - Por: Fábio Rosalvo Urnal

Foto: Blog Um Café e um Mate

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

ARROIO GRANDE - RS - 13/01/1852 Nasce GUMERCINDO SARAIVA


Maragato, Comandante militar da Revolução Federalista de 1893-1895. Demonstrou capacidade genial na grande marcha do Rio Grande do Sul até a cidade da Lapa, no Paraná. Foi chamado o "NAPOLEÃO DOS PAMPAS".


Em 1892, o governo de Júlio de Castilhos entra numa fase de instabilidade, o Rio Grande do Sul está em ebulição, de um lado os castilhistas Pica-paus e do outro os federalistas maragatos liderados pelo General João Nunes da Silva Tavares , o Joca Tavares, a Revolução Federalista estava se iniciando. Gumercindo tendo se negado a aderir ao castilhismo, estava sendo perseguido e resolve voltar ao Uruguai onde os rebeldes estavam formando suas tropas.

Em 2 de fevereiro de 1893, acompanhado por seu irmão Aparício Saraiva e liderando cerca de quatrocentos cavaleiros, a maioria uruguaios, atravessou a fronteira em Aceguá entrando no Rio Grande do Sul, juntando-se aos homens do General João Nunes da Silva Tavares, formando assim o Exército Libertador, um contingente de mais de três mil homens, que em pouco tempo com as adesões, chegaria a doze mil. Consta também que um terceiro irmão Mariano , também teria participado desta revolução. No Uruguai os tres irmãos Saraiva (Saravia) eram conhecidos como Os tres de Cerro Largo.

Em 4 de abril de 1893 acontece a primeira batalha com as tropas legalistas (Pica-paus). Depois de vários combates com as forças do governo, percebendo estar diante de um exercito melhor preparado e armado, Gumercindo Saraiva parte para a prática de guerrilha, evita combates convencionais, dispersa as tropas legais para tentar vencê-las depois, em partes, tática esta que deu certo.

Gumercindo Saraiva e sua tropa dirigiram-se para Dom Pedrito. De lá iniciaram uma série de ataques relâmpagos contra vários pontos do estado, desestabilizando as posições conquistadas pelos legalistas.

Em seguida rumaram ao norte, avançando em novembro sobre Santa Catarina e chegando ao Paraná, sendo detidos na cidade da Lapa, a sessenta quilômetros a sudoeste de Curitiba. Nesta ocasião, o coronel Gomes Carneiro morreu em fevereiro de 1894 sem entregar suas posições ao inimigo, no episódio que ficou conhecido como o Cerco da Lapa.

O almirante Custódio de Melo, que chefiara a revolta da Armada contra Floriano Peixoto, uniu-se aos federalistas e ocupou Desterro, atual Florianópolis. De lá chegou a Curitiba, ao encontro do caudilho-maragato Gumercindo Saraiva.

A resistência da Lapa impediu o avanço da revolução. Gumercindo, então derrotado pelos paranaenses, bateu em retirada para o Rio Grande do Sul.
Após a queda da Lapa, rumou para Curitiba que encontrou completamente desguarnecida, partindo em seguida para Ponta Grossa, onde enfrentou as tropas legais que haviam recebido reforços de São Paulo, obrigando-o a recuar, iniciando assim a retirada e seu retorno ao Rio Grande do Sul, agora acossado pelas tropas do governo.

Em marcha pelos três estados, desde sua partida de Jaguarão até o retorno ao Sul, o General Gumercindo Saraiva e suas tropas percorreram a cavalo, um trajeto de mais de 3.000 km.

Em 27 de Junho de 1894 enfrentou sua última grande batalha. No dia 10 de Agosto morreu com um tiro no tórax, de tocaia, antes de iniciar a Batalha do Carovi.

Numa guerra de barbáries em ambos os lados, dois dias depois de enterrado, seu corpo foi retirado da cova, teve a cabeça decepada e levada em uma caixa de chapéus ao governador Júlio de Castilhos. Seu corpo, mais tarde, foi levado e sepultado no cemitério municipal de Santa Vitória do Palmar, sem a cabeça.

Entre lendas e fatos sobre o General Gumercindo Saraiva, encontram-se duas histórias famosas e verdadeiras quando de sua estada em Curitiba, onde prometera aos lideres locais que a população e seus costumes seriam respeitados em troca de apoio aos revolucionários.
Numa ocasião em que os seus soldados foram acusados de roubar uma coleção de moedas do Museu Paranaense, a título de ressarcimento, Gumercindo Saraiva doou sua espada ao acervo do Museu, onde se encontra até hoje.

Em outra ocasião, um soldado de nome Diniz, matou uma mulher com uma navalha, Gumercindo muito revoltado, resolve aplicar uma punição exemplar mandando decapitá-lo.

A propaganda de guerra governista acusou-o de atrocidades, fato esse que foi desmentido por centenas de testemunhos, inclusive de inimigos políticos seus. Pois em casos de abusos cometidos por seus comandados, punia exemplarmente, como o foi com o soldado Diniz. Em estudo realizado numa pesquisa da Escola de Comando e Estado Maior (ECEME), foi considerado o maior líder de combate dessa Revolução.

Quando da chegada das tropas de Gumercindo Saraiva à Desterro (hoje, Florianópolis) e Curitiba, as tropas florianistas deixaram as cidades desguarnecidas, abandonaram suas defesas e recuaram, deixando somente alguns soldados na retaguarda e a população entregue à própria sorte. Em ambas as cidades, a elite política, comerciantes e industriais, resolveram, para evitar saques, mortes e estupros, fazer um acordo com Gumercindo Saraiva, neste, as tropas dos Maragatos, respeitariam um acordo de não violência e em troca a população pagaria um tributo de guerra. O acordo foi estabelecido e a população foi poupada.

Mas os federalistas, depois de sucessivas lutas e atos de heroísmo e bravura que se inscrevem nos anais da História Pátria, são derrotados e, com as volta das tropas legais foi feito um sangrento “acerto de contas”.

Em Curitiba, diante da iminência do ataque, o povo recorreu ao Barão do Serro Azul (Ildefonso Pereira Correia), pois nenhum outro líder inspirava confiança. O governo estava acéfalo. Formou-se uma Junta Governativa do Comércio, sob a chefia de Serro Azul, habilitado a conter os excessos de uma cidade despoliciada e aturdida. Criaram o empréstimo de guerra e foram a Gumercindo Saraiva negociar a invasão de Curitiba.

O mesmo aconteceu em Desterro, onde o Barão de Batovi (Manoel de Almeida Coelho da Gama Lobo d'Eça) presidiu uma tumultuada e histórica reunião realizada no dia 29 de setembro de 1893, durante a qual optou-se pela capitulação frente aos navios da Armada, amotinados contra o ditador Floriano Peixoto. Batovi não fez senão render-se ás aspirações dos habitantes de Desterro apavorados e subitamente envolvidos em tão espetaculares acontecimentos.

E, as ate então pacatas Curitiba e Desterro, entram para a lista negra de Floriano Peixoto.
Vingativo, o marechal Floriano nomeia e manda para Santa Catarina, o impetuoso tenente-coronel de Infantaria do Exército. Antônio Moreira César, nome que a historia celebra pelas alcunhas de Corta-Cabeças. Ao mesmo tempo tropas do coronel Pires Ferreira ocupam Curitiba, abandonada pelos revoltosos e o comandante do distrito militar, general Ewerton de Quadros, impunha a lei marcial.
Covardemente no Paraná, dezenas de pessoas, entre civis e militares foram executados sumariamente, já em Santa Catarina esse número subiu para cerca de 300 pessoas.
Fontes: Programa Radiofônico UCS - Prof. Mário Gardelin; Wikipédia.

domingo, 11 de janeiro de 2009

Presidente do MTG é reeleito em Canguçu até 2010

Oscar Fernande Gress é, pelo terceiro ano consecutivo, presidente do MTG. A eleição foi realizada ontem à noite (10.01), em Canguçu, durante o 56° Congresso Tradicionalista. Concorrendo em chapa única, a gestão “Orgulho de Ser Gaúcho: Ano 5” foi reconduzida para a presidência da entidade até janeiro de 2010.Para sua próxima gestão, Gress pretende dar sequência as metas do Planejamento Estratégico. Entre seus objetivos, está a realização de ações de fortalecimento da administração de entidades tradicionalistas bem como o incentivo ao aprendizado constante, através da formulação de novos cursos e parcerias. “Nossa missão é fortalecer o tradicionalismo, sempre”, assegura o presidente.O evento, que contou com aproximadamente 1,3 mil participantes, definiu também o município de São Lourenço do Sul como sede do Acendimento da Chama Crioula em 2009. O ato acontece normalmente no terceiro final de semana de agosto e simboliza o início das comemorações farroupilhas no Estado, reunindo, anualmente, de 700 a 1000 cavaleiros.Como de costume, os tradicionalistas também já definiram a sede do Congresso de 2010. Concorrente única, o município de Lagoa Vermelha será responsável pela realização do evento no próximo ano.


Fonte: Site Mundo Gaúcho - Felipe Basso - EMC Comunicação Empresarial - MTG
Foto : Renato Silva

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

"O SENTIDO E O VALOR DO TRADICIONALISMO"


POR: BARBOSA LESSA


APROVADO PELO PRIMEIRO CONGRESSO TRADICIONALISTA
DO RIO GRANDE DO SUL, SANTA MARIA, JULHO DE 1954


I - A DESINTEGRAÇÃO DE NOSSA SOCIEDADE

A CULTURA E A SOCIEDADE OCIDENTAL ESTÃO SOFRENDO UM ASSUSTADOR PROCESSO
DE DESINTEGRAÇÃO. INCLUÍDAS NESSE PANORAMA GERAL, A CULTURA E A SOCIEDADE DE QUAISQUER
DOS POVOS OCIDENTAIS, NECESSARIAMENTE, APRESENTAM, COM MAIOR OU MENOR INTENSIDADE,
IDÊNTICA DISSOLUÇÃO. É NOS GRANDES CENTROS URBANOS QUE ESSE FENÔMENO SE DESENHA MAIS
NÍTIDO, ATRAVÉS DAS ESTATÍSTICAS SEMPRE CRESCENTES DE CRIME, DIVÓRCIO, SUICÍDIO, ADULTÉRIO,
DELINQÜÊNCIA JUVENIL E OUTROS ÍNDICES DE DESINTEGRAÇÃO SOCIAL.ANALISANDO TAIS
CIRCUNSTÂNCIAS, MESTRES DA MODERNA SOCIOLOGIA CHEGARAM À CONCLUSÃO DE QUE PROBLEMAS
SOCIAIS CRUCIANTES DA ATUALIDADE SÃO CAUSADOS, OU INCENTIVADOS, PELO RELAXAMENTO DO
CONTROLE DOS COSTUMES E NOÇÕES TRADICIONAIS DE CADA CULTURA.

II - OS DOIS FATORES DE DESINTEGRAÇÃO

SOCIÓLOGOS DE RENOME AFIRMAM QUE A DESINTEGRAÇÃO SOCIAL, CARACTERÍSTICA DE NOSSA ÉPOCA, É
DEVIDA A DOIS FATORES:
PRIMEIRO: O ENFRAQUECIMENTO DAS CULTURAS LOCAIS.
SEGUNDO: O DESAPARECIMENTO GRADATIVO DOS "GRUPOS LOCAIS" COMUNIDADES TRANSMISSORAS DE
CULTURA. ANALISEMOS, ENTÃO, ESSES DOIS FATORES.

A) O ENFRAQUECIMENTO DO NÚCLEO CULTURAL

A CULTURA DE QUALQUER SOCIEDADE SE COMPÕE DE DUAS PARTES.
HÁ UM NÚCLEO SÓLIDO, DE CERTA FORMA ESTÁVEL, CONSTITUÍDO PELO PATRIMÔNIO TRADICIONAL.
NESSE NÚCLEO SE CONCENTRAM AQUELES INÚMEROS HÁBITOS, PRINCÍPIOS MORAIS, VALORES,
ASSOCIAÇÕES E REAÇÕES EMOCIONAIS PARTILHADOS POR TODOS OS MEMBROS DE DETERMINADA
SOCIEDADE (COMO A LINGUAGEM, A INDUMENTÁRIA TÍPICA, OS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DE MORAL,
ETC. OU AINDA, POR TODOS OS MEMBROS DE CERTAS CATEGORIAS DE INDIVÍDUOS, DENTRO
DA SOCIEDADE (COMO AS OCUPAÇÕES RESERVADAS SÓ ÀS MULHERES OU SÓ AOS HOMENS, AS REAÇÕES
EMOCIONAIS TÍPICAS DE TODOS OS VELHOS OU DE TODAS AS CRIANÇAS, BEM COMO OS CONHECIMENTOS
TÉCNICOS RESERVADOS AOS FERREIROS, AOS MÉDICOS, AOS AGRICULTORES, ETC.). TAIS ELEMENTOS
CULTURAIS CONTRIBUEM PARA O BEM-ESTAR DA COLETIVIDADE, POIS O INDIVÍDUO FICA SABENDO COMO
COMPORTAR-SE EM GRUPO, E QUAL O COMPORTAMENTO QUE PODE ESPERAR DOS
OUTROS("EXPECTATIVAS DE COMPORTAMENTO"). EM SUMA: O CERNE CULTURAL DÁ, AOS INDIVÍDUOS, A
UNIDADE PSICOLÓGICA ESSENCIAL AO FUNCIONAMENTO DA SOCIEDADE. MAS, CERCANDO O NÚCLEO,
EXISTE UMA ZONA FLUÍDA E INSTÁVEL, CONSTITUÍDA POR ELEMENTOS CULTURAIS CHAMADOS, EM
SOCIOLOGIA, ALTERNATIVAS, E QUE SÃO TRAÇOS PARTILHADOS APENAS POR ALGUNS INDIVÍDUOS,
REPRESENTANDO DIFERENTES REAÇÕES ÀS MESMAS SITUAÇÕES, OU DIFERENTES TÉCNICAS PARA
ALCANÇAR OS MESMOS FINS. (CERTA PESSOA VIAJA A CAVALO, FAZENDO O MESMO PERCURSO QUE OUTRA
PREFERE REALIZAR EM CARROÇA; CERTA PESSOA SENTE-SE TREMENDAMENTE OFENDIDA SE ALGUÉM FAZ
"CRÍTICA" A UM DEFEITO FÍSICO SEU, ENQUANTO OUTRA SE COMPORTA RESIGNADAMENTE FACE A TAIS
CRÍTICAS; ETC.) É ESTA ZONA DE ALTERNATIVAS QUE PERMITE À CULTURA CRESCER E ACOMODAR-SE AOS
AVANÇOS DE UMA CIVILIZAÇÃO. EVIDENTEMENTE, QUANTO MAIOR FOR O ENTRECHOQUE COM CULTURAS
DIVERSAS, MAIOR SERÁ A POSSIBILIDADE DE ADOÇÃO DE NOVAS ALTERNATIVAS, POR PARTE
DOS MEMBROS DE UMA SOCIEDADE. QUANDO A CULTURA DE DETERMINADO POVO É INVADIDA POR NOVOS
HÁBITOS E NOVAS IDÉIAS,DUAS COISAS PODEM OCORRER: SE O PATRIMÔNIO TRADICIONAL DESSA
CULTURA É COERENTE E FORTE, A SOCIEDADE SÓ TEM A LUCRAR COM O REFERIDO CONTATO, POIS SABE
ANALISAR, ESCOLHER E INTEGRAR EM SEIO AQUELES TRAÇOS CULTURAIS NOVOS QUE, DENTRE MUITOS,
REALMENTE SEJAM BENÉFICOS À COLETIVIDADE. SE , PORÉM, A CULTURA INVADIDA NÃO É PREDOMINANTE
E FORTE, A CONFUSÃO SOCIAL É INEVITÁVEL: IDÉIAS E HÁBITOS INCOERENTES SUFOCAM O NÚCLEO
CULTURAL, DESNORTEANDO OS INDIVÍDUOS, E FAZENDO-OS TITUBEAR ENTRE AS CRENÇA E VALORES MAIS
ANTAGÔNICOS. QUEM MAIS SOFRE COM ESSA CONFUSÃO SOCIAL - ACENTUA O SOCIÓLOGO DONAL
PIERSON - SÃO AS CRIANÇAS E OS ADOLESCENTES, OS RESPONSÁVEIS PELA SOCIEDADE DO PORVIR.
CRESCENDO NESSAS CIRCUNSTÂNCIAS, A CRIANÇA NÃO SABE COMO AGIR, NÃO É CAPAZ DE ASSUMIR,
EM SEU ESPÍRITO, QUALQUER EXPECTATIVA CLARA DE COMPORTAMENTO. E ASSIM SE ORIGINAM, ENTRE
OUTROS, OS PROBLEMAS DA DELINQÜÊNCIA JUVENIL, RESULTADOS DE UMA DESINTEGRAÇÃO SOCIAL.
POIS BEM. DEVIDO AO SURTO SURPREENDENTE DO MAQUINISMO EM NOSSOS DIAS, BEM COMO
DA FACILIDADE DE INTERCÂMBIO CULTURAL ENTRE OS MAIS DIVERSOS POVOS, OBSERVA-SE QUE O
NÚCLEO DAS CULTURAS LOCAIS OU REGIONAIS VAI SE REDUZINDO GRADATIVAMENTE, A PONTO DE SE VER
SUFOCADO PELA ZONA DAS ALTERNATIVAS. E A FLUIDEZ NATURALMENTE SE ACENTUA, À MEDIDA QUE AS
SOCIEDADES MANTÊM NOVOS CONTATOS COM TRAÇOS CULTURAIS DIFERENTES OU ANTAGÔNICOS,
INTRODUZIDOS POR VIAJANTES OU IMIGRANTES, OU DIFUNDIDOS POR LIVROS, IMPRENSA, CINEMA, ETC.
NOSSA CIVILIZAÇÃO, ANTES ALICERÇADA NUM NÚCLEO SÓLIDO E COERENTE,TRANSFORMOU-SE NUMA
VARIEDADES DE ALTERNATIVAS, ENTRE AS QUAIS O INDIVÍDUO TEM QUE ESCOLHER.. SEM AMPLA
COMUNIDADE DE HÁBITOS E DE IDÉIAS, PORÉM, OS INDIVÍDUOS NÃO REAGEM COM UNIDADE A CERTOS
ESTÍMULOS, NEM PODEM COOPERAR EFICIENTEMENTE. DAÍ OS CONFLITOS DE ORDEM MORAL QUE AFLIGEM
O INDIVÍDUO, FAZENDO ATARANTAR-SE SEM SABER QUAIS AS OPINIÕES E OS VALORES QUE MERECEM
ACATAMENTO. ESSA INSEGURANÇA REFLETE-SE IMEDIATAMENTE NA SOCIEDADE COMO UM TODO E,
CONSEQUENTEMENTE NO ESTADO, POIS, CONFORME ENSINA RALPH LINTON "EMBORA OS PROBLEMAS DE
ORGANIZAR E GOVERNAR ESTADOS NUNCA TENHAM SIDO PERFEITAMENTE RESOLVIDOS, UMA COISA
PARECE CERTA: SE OS CIDADÃOS TIVEREM INTERESSES E CULTURAS COMUNS, COM A VONTADE
UNIFICADA QUE DAÍ ADVÉM, QUASE QUALQUER TIPO DE ORGANIZAÇÃO FORMAL DE GOVERNO FUNCIONARÁ
EFICIENTEMENTE; MAS SE ISSO NÃO SE VERIFICAR, NENHUMA ELABORAÇÃO E PADRÕES FORMAIS DE
GOVERNO, NENHUMA MULTIPLICAÇÃO DE LEI, PRODUZIRÁ UM ESTADO EFICIENTE OU CIDADÃOS
SATISFEITOS".

B) O DESAPARECIMENTO DOS "GRUPOS LOCAIS"

AS DUAS UNIDADES MAIS SOCIAIS MAIS IMPORTANTES, COMO TRANSMISSORAS DE CULTURA, SÃO A
"FAMÍLIA" E O "GRUPO LOCAL". ATRAVÉS DESSAS DUAS UNIDADES, O INDIVÍDUO RECEBE, COM MAIOR
INTENSIDADE, A SUA "HERANÇA SOCIAL". SÃO EXEMPLOS DE "GRUPO LOCAL", EM NOSSA SOCIEDADE, O
"VIZINDÁRIO" OU "PAGO" DAS POPULAÇÕES RURAIS, BEM COMO AS PEQUENAS VILAS DO INTERIOR, OU
AINDA (UM EXEMPLO DO PASSADO) OS BAIRROS COM VIDA PRÓPRIA DAS CIDADES DE HÁ ALGUNS ANOS
ATRÁS. POR "GRUPO LOCAL" ENTENDE-SE O AGREGADO DE FAMÍLIAS E DE INDIVÍDUOS AVULSOS QUE
VIVEM JUNTOS EM CERTA ÁREA, COMPARTILHANDO HÁBITOS E NOÇÕES COMUNS. EMBORA NÃO TENHA
ORGANIZAÇÃO FORMAL (COMO O DISTRITO OU O MUNICÍPIO), O "GRUPO LOCAL" É A UNIDADE SOCIAL
AUTÊNTICA. O "PAGO", POR EXEMPLO, INFLUENCIA A VIDA DOS SEUS MEMBROS, ESTABELECE LIMITES À
VIDA SOCIAL (QUAIS AS FAMÍLIAS QUE PODEM SER CONVIDADAS PARA AS FESTAS) , MANTÉM ELEVADO
GRAU DE COOPERAÇÃO ENTRE OS INDIVÍDUOS, POIS TODOS DEVEM SE AUXILIAR (ANTIGOS TRABALHOS DE
PUXIRÃO) E CADA QUAL TEM CONSCIÊNCIA DESSE DEVER DE AUXÍLIO MÚTUO. O INDIVÍDUO CONHECE
PERFEITAMENTE OS COSTUMES E OS PRINCÍPIOS MORAIS INSTITUÍDOS PELO SEU "PAGO"; ALÉM DISSO, HÁ
UM CONHECIMENTO ÍNTIMO ENTRE OS MEMBROS DE UM MESMO "PAGO" (CONHECEM-SE ATÉ OS ANIMAIS
OBJETOS PERTENCENTES AOS VIZINHOS). TODAS ESSAS CIRCUNSTÂNCIAS INFLUEM PARA QUE O "GRUPO
LOCAL" SE CONSTITUA NUMA POTENTE BARRAGEM PARA AS TRANSGRESSÕES À ORDEM PÚBLICA OU À
MORAL (FURTO, SEDUÇÃO, ADULTÉRIO, ETC.). ADEMAIS, EMBORA NÃO TENHA UM MEIO DE REAÇÃO
FORMAL(COMO A POLÍCIA), O "GRUPO LOCAL
ENCERRA GRANDE FORÇA PUNITIVA, ATRAVÉS DE MEDIDAS COMO A PERDA DE PRESTÍGIO, O RIDÍCULO, O
OSTRACISMO. CERTAMENTE JÁ DEPREENDEMOS, ENTÃO, A GRANDE IMPORTÂNCIA DE QUE SE REVESTE
O "GRUPO LOCAL" PARA ASSEGURAR A NORMALIDADE DA VIDA COMUM, SEGUNDO OS PADRÕES
CULTURAIS INSTITUÍDOS PELO GRUPO. ACRESCE NOTAR O SEGUINTE: O INTEGRAR-SE A UM "GRUPO
LOCAL" CONSTITUI VERDADEIRA NECESSIDADE PSICOLÓGICA PARA O INDIVÍDUO NORMAL. ESTE PRECISA
DE UMA UNIDADE SOCIAL COESA, MAIOR QUE A FAMÍLIA, DENTRO DA QUAL SINTA QUE OUTROS INDIVÍDUOS
SÃO SEUS AMIGOS, QUE COMPARTILHAM SUAS IDÉIAS E HÁBITOS. TANTO É VERDADE QUE O INDIVÍDUO SE
SENTE INSEGURO QUANDO SE VÊ SÓ ENTRE ESTRANHOS. POIS BEM. O ENFRAQUECIMENTO DA VIDA
GRUPAL - CONFORME ACENTUOU RALPH LINTON - É OUTRA CARACTERÍSTICA DE NOSSA ÉPOCA. AS
UNIDADES SOCIAIS PEQUENAS ESTÃO GRADATIVAMENTE DESAPARECENDO, E CEDENDO LUGAR ÀS
MASSAS DE INDIVÍDUOS. NAS ZONAS RURAIS, OS "GRUPOS LOCAIS" AINDA CONSERVAM UM POUCO DE SUA
FUNÇÃO COMO PORTADORES DE CULTURA; MAS, EM GERAL - DEVIDO AO AFLUXO DE ALTERNATIVAS - OS
JOVENS DISCORDAM DOS PADRÕES CULTURAIS ANTIGOS; ACONTECE, PORÉM, QUE A SOCIEDADE MAIS
AMPLA - COM A QUAL O JOVEM ENTRA EM CONTATO POR MEIO DA IMPRENSA, DO RÁDIO E CINEMA - AINDA
NÃO TÊM PADRÕES COERENTES DE VIDA PARA OFERECER-LHES. DAÍ A INSEGURANÇA QUE COMEÇA A
NOTAR-SE EM NOSSA SOCIEDADE RURAL. SE NAS ZONAS RURAIS SE PERCEBE APENAS UMA INSEGURANÇA
INCIPIENTE, APENAS O RELAXAMENTO DAS FORÇAS DO "GRUPO LOCAL" , O QUE SE PERCEBE NAS CIDADES
É A DESINTEGRAÇÃO TOTAL DESSAS FORÇAS. A MUDANÇA DE PADRÕES CULTURAIS, EM NOSSOS DIAS,
TEM SIDO TÃO RÁPIDA QUE, EM GERAL, O ADULTO DE HOJE TEVE SUA INFÂNCIA CONDICIONADA À VIDA
SEGUNDO AS BASES DO "GRUPO LOCAL". ENSINARAM-LHE A ESPERAR DOS SEUS VIZINHOS
ENCORAJAMENTO E APOIO MORAL; E QUANDO ESSES VIZINHOS SE AFASTAM, O INDIVÍDUO SE SENTE
PERDIDO. ELE ESCOLHE ENTRE MUITAS ALTERNATIVAS, MAS NÃO DISPÕE DE MEIOS PARA ESTABELECER
CONTATO COM OUTROS QUE TENHAM FEITO, ESCOLHA SEMELHANTE. SEM O APOIO DE UM GRUPO QUE
PENSE DO MESMO MODO, É - LHE IMPOSSÍVEL SENTIR-SE SEGURO A RESPEITO DE QUALQUER ASSUNTO. E
ASSIM O INDIVÍDUO TORNA-SE PRESA FÁCIL DE QUALQUER PROPAGANDA INSISTENTE, (QUER SEJA A MÁ
PROPAGANDA, QUER SEJA A BOA PROPAGANDA). POR ISSO, RALPH LINTON ESCREVEU "A CIDADE
MODERNA, COM SUA MULTIPLICIDADE DE ORGANIZAÇÕES DE TODA A ESPÉCIE, DÁ A IMAGEM DE UMA
MASSA DE INDIVÍDUOS QUE PERDERAM SEUS "GRUPOS LOCAIS" E ESTÃO TENTANDO, DE MANEIRA
TATEANTE, SUBSTITUÍ-LOS POR ALGUMA OUTRA COISA. DE TODOS OS LADOS SURGEM NOVOS TIPOS DE
AGRUPAMENTOS, MAS ATÉ AGORA NADA FOI ENCONTRADO, QUE PAREÇA CAPAZ DE ASSUMIR AS
PRINCIPAIS FUNÇÕES DO "GRUPO LOCAL". SER MEMBRO DO ROTARY CLUB, POR EXEMPLO, NÃO SUBSTITUI
ADEQUADAMENTE A POSSE DE VIZINHOS E AMIGOS TAL COMO SE VERIFICA NOS GRUPOS LOCAIS".

O MOVIMENTO TRADICIONALISTA RIO-GRANDENSE

O MOVIMENTO TRADICIONALISTA RIO-GRANDENSE - QUE VEM SE DESENVOLVENDO DESDE 1947, COM
CARACTERÍSTICAS ESPECIALÍSSIMAS - VISA PRECISAMENTE COMBATER OS DOIS RECONHECIDOS FATORES
DE DESINTEGRAÇÃO SOCIAL. O FUNDAMENTO CIENTÍFICO DESTE MOVIMENTO ENCONTRA-SE NA
SEGUINTEAFIRMAÇÃO SOCIOLÓGICA: "QUALQUER SOCIEDADE PODERÁ EVITAR A DISSOLUÇÃO ENQUANTO
FOR CAPAZ DE MANTER A INTEGRIDADE DE SEU NÚCLEO CULTURAL. DESAJUSTAMENTOS, NESSE NÚCLEO,
PRODUZEM CONFLITOS ENTRE INDIVÍDUOS QUE COMPÕEM A SOCIEDADE, POIS ESSES VÊM A PREFERIR
VALORES DIFERENTES, RESULTANDO, ENTÃO, A PERDA DA UNIDADE PSICOLÓGICA ESSENCIAL AO
FUNCIONAMENTO EFICIENTE DE QUALQUER SOCIEDADE". ATRAVÉS DA ATIVIDADE ARTÍSTICA, LITERÁRIA,
RECREATIVA OU ESPORTIVA, QUE O CARACTERIZA - SEMPRE REALÇANDO OS MOTIVOS TRADICIONAIS DO
RIO GRANDE DO SUL - O TRADICIONALISMO PROCURA, MAIS QUE TUDO, REFORÇAR O NÚCLEO DA CULTURA
RIO-GRANDENSE, TENDO EM VISTA O INDIVÍDUO QUE TATEIA SEM RUMO E SEM APOIO DENTRO DO CAOS DE
NOSSA ÉPOCA. E, ATRAVÉS DOS CENTROS DE TRADIÇÕES, O TRADICIONALISMO PROCURA ENTREGAR AO
INDIVÍDUO UMA AGREMIAÇÃO COM AS MESMAS CARACTERÍSTICAS DO "GRUPO LOCAL" QUE ELE PERDEU
OU TEME PERDER: O " PAGO". MAIS QUE O SEU "PAGO", O PAGO DAS GERAÇÕES QUE O PRECEDERAM.
CADA CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS, EM SI, É UM NOVO "GRUPO LOCAL". E À MEDIDA QUE
SURGEM NOVOS CENTROS, EM TODOS OS MUNICÍPIOS DO RIO GRANDE DO SUL, VAI O TRADICIONALISMO
CONFUNDINDO-SE COM O REGIONALISMO, POIS OPERA PARA QUE TODOS OS INDIVÍDUOS QUE COMPÕEM A
REGIÃO SINTAM OS MESMOS INTERESSES, OS MESMOS AFETOS, E DESTA FORMA REINTEGREM A UNIDADE
PSICOLÓGICA DA SOCIEDADE REGIONAL. E COM ISSO O TRADICIONALISMO PODE SE TRANSFORMAR NA
MAIOR FORÇA POLÍTICA DO RIO GRANDE DO SUL. PARA EVITAR CONFUSÃO DE "POLÍTICA" COM "POLÍTICA
PARTIDÁRIA", EXPRESSEMO-NOS ASSIM: O TRADICIONALISMO PODE CONSTITUIR-SE NA MAIOR FORÇA A
AUXILIAR O ESTADO NA RESOLUÇÃO DOS PROBLEMAS CRUCIAIS DA COLETIVIDADE.PARA
COMPREENDERMOS TAL AFIRMATIVA, BASTA REPETIR A TRANSCRIÇÃO JÁ FEITA: "SE OS CIDADÃOS
TIVEREM INTERESSES E CULTURAS COMUNS, COM VONTADE UNIFICADA QUE DAÍ ADVÉM, QUASE
QUALQUER TIPO DE ORGANIZAÇÃO FORMAL DE GOVERNO FUNCIONARÁ EFICIENTEMENTE. MAS, SE ISSO
NÃO SE VERIFICAR, NENHUMA ELABORAÇÃO DE PADRÕES FORMAIS DE GOVERNO, NENHUMA
MULTIPLICAÇÃO DE LEI, PRODUZIRÁ UM ESTADO EFICIENTE OU CIDADÃOS SATISFEITOS.

O SENTIDO DO TRADICIONALISMO

O TRADICIONALISMO CONSISTE NUMA EXPERIÊNCIA DO POVO RIO-GRANDENSE, NO SENTIDO DE AUXILIAR
AS FORÇAS QUE PUGNAM PELO MELHOR FUNCIONAMENTO DA ENGRENAGEM DA SOCIEDADE. COMO TODA
EXPERIÊNCIA SOCIAL, NÃO PROPORCIONA EFEITOS IMEDIATAMENTE PERCEPTÍVEIS. O TRANSCURSO DO
TEMPO É QUE VIRÁ DIZER DO ACERTO OU NÃO DESTA CAMPANHA CULTURAL. DE QUALQUER FORMA, AS
GERAÇÕES DO FUTURO É QUE PODERÃO INDICAR, COM INTENSIDADE, OS EFEITOS DESTA NOSSA - POR
ENQUANTO - PÁLIDA EXPERIÊNCIA. E AO DIZERMOS ISSO, ESTAMOS ACENTUANDO O ERRO DAQUELES QUE
ACREDITAM SER O TRADICIONALISMO UMA TENTATIVA ESTÉRIL DE "RETORNO AO PASSADO". A REALIDADE
É JUSTAMENTE O OPOSTO: O TRADICIONALISMO CONSTRÓI PARA O FUTURO. FEITAS ESTAS
CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES, PODEMOS TENTAR UM CONCEITO DO MOVIMENTO TRADICIONALISTA. E
ENTÃO DIREMOS: "TRADICIONALISMO É O MOVIMENTO POPULAR QUE VISA AUXILIAR O ESTADO NA
CONSECUÇÃO DO BEM COLETIVO, ATRAVÉS DE AÇÕES QUE O POVO PRATICA (MESMO QUE NÃO SE
APERCEBA DE TAL FINALIDADE) COM O FIM DE REFORÇAR O NÚCLEO DE SUA CULTURA: GRAÇAS AO QUE A
SOCIEDADE ADQUIRE MAIOR TRANQÜILIDADE NA VIDA COMUM".

CARACTERÍSTICAS DO TRADICIONALISMO

MAIS DO QUE UMA TEORIA, O TRADICIONALISMO É UM MOVIMENTO. AGE DENTRO DA PSICOLOGIA COLETIVA.
SUA DINÂMICA REALIZA-SE POR INTERMÉDIO DOS CENTROS DE TRADIÇÕES GAÚCHAS, AGREMIAÇÕES DE
CUNHO POPULAR QUE TÊM POR FIM ESTUDAR, DIVULGAR E FAZER COM QUE O POVO "VIVA" AS TRADIÇÕES
RIO-GRANDENSES. O TRADICIONALISMO DEVE SER UM MOVIMENTO NITIDAMENTE POPULAR, NÃO
SIMPLESMENTE INTELECTUAL. É VERDADE QUE O TRADICIONALISMO CONTINUARÁ SENDO
COMPREENDIDO, EM SUA FINALIDADE ÚLTIMA, APENAS POR UMA MINORIA INTELECTUAL. MAS, PARA
VENCER, É FUNDAMENTAL QUE SEJA SENTIDO E DESENVOLVIDO NO SEIO DAS CAMADAS POPULARES, ISTO
É, NAS CANCHAS DE CARREIRAS, NOS AUDITÓRIOS DE RADIOEMISSORAS, NOS FESTIVAIS E BAILES
POPULARES, NA "FESTAS DO DIVINO" E DE "NAVEGANTES", ETC. PARA ALCANÇAR SEUS FINS, O
TRADICIONALISMO SERVE-SE DO FOLCLORE, DA SOCIOLOGIA, DA ARTE, DA LITERATURA, DO ESPORTE, DA
RECREAÇÃO, ETC. TRADICIONALISMO NÃO SE CONFUNDE, POIS, COM FOLCLORE, LITERATURA, TEATRO,
ETC. TUDO ISSO CONSTITUI MEIOS PARA QUE O TRADICIONALISMO ALCANCE SEUS FINS. NÃO SE DEVE
CONFUNDIR O TRADICIONALISMO, QUE É UM MOVIMENTO,, COM O FOLCLORE, A HISTÓRIA, A SOCIOLOGIA,
ETC., QUE SÃO CIÊNCIAS. NÃO SE DEVE CONFUNDIR O FOLCLORISTA, POR EXEMPLO, COM O
TRADICIONALISTA: AQUELE É O ESTUDIOSO DE UMA CIÊNCIA, ESTE É O SOLDADO DE UM MOVIMENTO. OS
TRADICIONALISTAS NÃO PRECISAM TRATAR CIENTIFICAMENTE O FOLCLORE; ESTARÃO AGINDO
EFICIENTEMENTE SE SERVIREM DOS ESTUDOS DOS FOLCLORISTAS, COMO BASE DE AÇÃO, E ASSIM
REAFIRMAREM AS VIVÊNCIAS FOLCLÓRICAS NO PRÓPRIO SEIO DO POVO.

AS DUAS GRANDES QUESTÕES DO TRADICIONALISMO

EXISTEM DUAS QUESTÕES IMPORTANTÍSSIMAS, QUE DE MANEIRA NENHUMA PODEM SER DESCUIDA DAS
PELOS TRADICIONALISTAS, SOB PENA DESTE ESFORÇO CULTURAL SE DESENHAR, DE ANTEMÃO, COMO UMA
EXPERIÊNCIA FRACASSADA.

A) ATENÇÃO ESPECIAL ÀS NOVAS GERAÇÕES

DEVE, O TRADICIONALISMO, OPERAR COM INTENSIDADE NO SETOR INFANTIL OU EDUCACIONAL, PARA QUE
O MOVIMENTO TRADICIONALISTA NÃO DESAPAREÇA COM A NOSSA GERAÇÃO. PORQUE NÓS - OS
TRADICIONALISTAS DE PRIMEIRA ARRANCADA - ENTRAMOS PARA OS CENTROS DE TRADIÇÕES GAÚCHAS
MOVIDOS PELA NECESSIDADE PSICOLÓGICA DE ENCONTRAR O "GRUPO LOCAL" QUE HAVÍAMOS PERDIDO
OU QUE TEMÍAMOS PERDER. MAS AS GERAÇÕES NOVAS NÃO CHEGARAM A CONHECER O GRUPO LOCAL
COMO UNIDADE SOCIAL AUTÊNTICA, E SOMENTE SEGUIRÃO NOSSOS PASSOS POR FORÇA DE IMPULSOS
QUE A EDUCAÇÃO LHES MINISTRAR. POR ISSO NÃO TEMO AFIRMAR QUE O DIA MAIS GLORIOSO PARA O
MOVIMENTO TRADICIONALISTA SERÁ AQUELE EM QUE A CLASSE DE PROFESSORES PRIMÁRIOS DO RIO
GRANDE DO SUL - CONSCIENTE DO SENTIDO PROFUNDO DESSE GESTO, E NÃO POR SIMPLES ATITUDE DE
SIMPATIA - OFERECER SEU DECISIVO APOIO A ESTA CAMPANHA CULTURAL. ALIÁS, NÃO SE CONCEBE QUE
AS ESCOLAS PRIMÁRIAS CONTINUEM POR MAIS TEMPO APARTADAS DO MOVIMENTO TRADICIONALISTA.
POIS A MANEIRA MAIS SEGURA DE GARANTIR À CRIANÇA O SEU AJUSTAMENTO À SOCIEDADE É
PRECISAMENTE FAZER COM QUE ELA RECEBA, DE MODO INTENSIVO, AQUELA MASSA DE HÁBITOS,
VALORES, ASSOCIAÇÕES E REAÇÕES EMOCIONAIS - O PATRIMÔNIO TRADICIONAL, EM SUMA -
IMPRESCINDÍVEIS PARA QUE O INDIVÍDUO SE INTEGRE EFICIENTEMENTE NA CULTURA COMUM.

B) ASSISTÊNCIA AO HOMEM DO CAMPO

A IDÉIA NUCLEAR DAS TRADIÇÕES GAÚCHAS É A FIGURA DO CAMPEIRO DAS NOSSAS ESTÂNCIAS. POR ISSO,
É SUMAMENTE NECESSÁRIO QUE O TRADICIONALISMO AMPARE SOCIAL E MORALMENTE O HOMEM DO
CAMPO, PARA QUE UM DIA NÃO SE CHEGUE À SITUAÇÃO PARADOXAL DE MANTER-SE UMA TRADIÇÃO DE
FANTASIA, EM QUE SE TECESSEM HINOS DE LOUVOR AO "MONARCA DAS COXILHAS", AO "CENTAURO DOS
PAMPAS", E ESSE GAÚCHO FOSSE UM DESAJUSTADO SOCIAL, UM PÁRIA LUTANDO FEBRILMENTE PELA
PRÓPRIA SUBSISTÊNCIA. A NOSSA CULTURA SOMENTE PODERÁ E IMPOR SOBRE AS OUTRAS CULTURAS,
NO ENTRECHOQUE INEVITÁVEL, SE FOR SUFICIENTEMENTE PRESTIGIOSA. DAÍ A RAZÃO POR QUE
PRECISAMOS MOSTRAR ÀS NOVAS GERAÇÕES - BEM COMO ÀQUELES QUE, VINDOS DE TERRAS DISTANTES,
ACORREREM À NOSSA QUERÊNCIA - QUE AS TRADIÇÕES GAÚCHAS SÃO REALMENTE BELAS, E QUE O
GAÚCHO MERECE REALMENTE A NOSSA ADMIRAÇÃO.

O TRADICIONALISMO COMO FORÇA ECONÔMICA

PRESTIGIANDO AS TRADIÇÕES GAÚCHAS E PRESTANDO ASSISTÊNCIA MORAL E SOCIAL AO HOMEM DO
CAMPO, O TRADICIONALISMO ESTARÁ CONTRIBUINDO DE MANEIRA INESTIMÁVEL PARA A SOLUÇÃO DO
PROBLEMA QUE ORA SUFOCA A NOSSA VIDA ECONÔMICA: O ÊXODO RURAL, A CRISE AGRÍCOLA. É QUE,
DENTRE AS PRINCIPAIS CAUSAS DO ÊXODO RURAL, ENCONTRAMOS UMA QUE FOGE AO ÂMBITO DOS
FENÔMENOS ECONÔMICOS. PARA PROTEGER O HOMEM DO CAMPO, E FAZER COM QUE ELE
PERMANEÇA NO MEIO RURAL, NÃO BASTA QUE O ESTADO LHE FORNEÇA MEIOS ECONÔMICOS MAIS
SEGUROS. SE O CAMPESINO ACASO JULGAR QUE O LUGAR QUE LHE ESTÁ RESERVADO NA SOCIEDADE
ENCONTRA-SE NAS CIDADES, ELE SERÁ UM DESAJUSTADO ENQUANTO NÃO REALIZAR SEU SONHO DE
TRANSFERIR-SE PARA A CIDADE. ESTE FENÔMENO PRENDE-SE AO CONCEITO SOCIOLÓGICO DE "STATUS",
QUE É A POSIÇÃO SOCIAL DE UMA PESSOA EM RELAÇÃO A TODAS AS OUTRAS COM QUEM ESTÁ EM
CONTATO. SE "OS OUTROS" DEMONSTRAM QUE CERTO INDIVÍDUO OCUPA UM "STATUS" DIGNO, ELE FICA
SATISFEITO; MAS SE "OS OUTROS" DEMONSTRAM O CONTRÁRIO, ELE É, INCONSCIENTEMENTE, LEVADO A
DEMONSTRAR HABILIDADE, E, NESSE AFÃ, SEMPRE DESEJA COMPETIR COM OS INDIVÍDUOS QUE
CONSIDERA SUPERIORES, JAMAIS COM AQUELES QUE CONSIDERA INFERIORES. ASSIM SENDO, SE O
CAMPESINO SE CONSIDERA INFERIOR AO CITADINO, MAIS CEDO OU MAIS TARDE TENTARÁ PROCURAR A
CIDADE, PARA ALI COMPETIR COM QUEM LHE ROUBA A POSIÇÃO SOCIAL. PRESTIGIANDO AS TRADIÇÕES
GAÚCHAS, E PRESTANDO ASSISTÊNCIA MORAL E SOCIAL AO HOMEM DO CAMPO, O TRADICIONALISMO
ESTARÁ CONVENCENDO O CAMPESINO DA DIGNIDADE E IMPORTÂNCIA DO SEU "STATUS". ESTARÁ, EM
SUMA, PONDO EM PRÁTICA AQUILO QUE O SANITARISTA BELIZÁRIO PENNA UM DIA SALIENTOU, MAIS OU
MENOS NESTES TERMOS: "O BRASIL É O PAÍS ONDE MAIS SE FALA EM VALORIZAÇÃO. VALORIZAÇÃO DO
CAFÉ BRASILEIRO, DO DINHEIRO BRASILEIRO, DO ALGODÃO BRASILEIRO, DO BOI BRASILEIRO. SOMENTE
NÃO SE PENSA NA MAIS URGENTE E IMPORTANTE VALORIZAÇÃO: A DO HOMEM BRASILEIRO, A QUAL, POR SI
SÓ, ESTARIA CONDUZINDO A TODAS AS OUTRAS".

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

7 de Janeiro - Dia dos "VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA"


VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA - Corpos de Voluntários criados pelo decreto nº 3.371 de 07/01/1865, do Governo Imperial, para combater os paraguaios. Aceitava-se como voluntários os que tinham idade entre 18 e 50 anos, mas foram engajados voluntários desde 14 anos. Recebiam soldos iguais aos alistados na 1ª linha e mais a gratificação de 300 réis diários. Quando davam baixa, recebiam 300$000 e uma data* de terra de 22.500 braças* quadradas nas colônias militares ou do governo. Mal armados, com fardas diversas, constituíram, junto com a Guarda Nacional 75% do efetivo brasileiro e tiveram mais de 45% de baixas, sendo alguns corpos dissolvidos e incorporados em outras unidades. Do total mobilizado para a Guerra do Paraguai, 27% eram Gaúchos. Em 1907 foram-lhes concedido soldo vitalício e mais tarde extensivo às viúvas e depois às filhas.

*Braça = Antiga unidade de comprimento equivalente a 2,2 metros.
*Data = Quadra de terreno de 20 a 22 por 40 a 44 metros.

Fonte : Programa Radiofônico UCS - Prof. Mário Gardelin

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Tese de BARBOSA LESSA será tema do 56º Congresso Tradicionalista Gaúcho em CANGUÇU




A tese “O Sentido e o Valor do Tradicionalismo”, escrita por Barbosa Lessa, será tema do 56° Congresso Tradicionalista, que acontece em Canguçu, de 9 a 11 de janeiro. Primeira atividade do calendário de eventos do MTG, o Congresso tem como objetivo promover a eleição da nova diretoria do Movimento, além de escolher a cidade sede do Acendimento da Chama Crioula para 2009, definir as localidades para realização das etapas interregionais do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha, entre outras deliberações.Na disputa, em chapa única, concorre a gestão “Orgulho de Ser Gaúcho: Ano 5”, liderada pelo atual presidente, Oscar Fernande Gress. O evento irá analisar ainda outras 10 propostas enviadas por tradicionalistas. O voto é concedido a todos os CTG’s, que estiverem com a situação regularizada com a entidade.A mesa diretiva do evento será formada pelo presidente do IGTF, Manoelito Carlos Savaris, como presidente do Congresso, o coordenador da 12ª Região Tradicionalista, Moisés Almeida, será o 1° vice-presidente e Paulo Roberto Fraga Cirne foi nomeado secretário-geral.A tese de Barbosa LessaAprovada em 1954, no 1° Congresso Tradicionalista, em Santa Maria, a tese de Lessa já apontava para possíveis causas da desintegração vivida pela nossa sociedade, sobre a necessidade de atenção às novas gerações e a assistência ao homem do campo, figura central do tradicionalismo. Em um trecho, Lessa utiliza uma citação do sanitarista Belizário Penna para salientar essa preocupação. “O Brasil é o país onde mais se fala em valorização. Valorização do café brasileiro, do dinheiro brasileiro, do algodão brasileiro, do boi brasileiro. Somente não se pensa na mais urgente e importante valorização – a do homem brasileiro – a qual por si só, estaria conduzindo a todas as outras”.


Fonte : Blog "Mundo Gaúcho" - por: Felipe Basso - EMC Comunicação Empresarial - MTG

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

ANO DE 2009

120 anos da PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA ( 1889 )


187 anos da INDEPENDÊNCIA DO BRASIL ( 1822 )

509 anos do DESCOBRIMENTO DO BRASIL ( 1500 )


517 anos do DESCOBRIMENTO DA AMÉRICA ( 1492 )


Fonte : Programa Radiofônico UCS - Prof. Mário Gardelin


2009 - ANO INTERNACIONAL DA ASTRONOMIA


A Organização das Nações Unidas ( ONU ) proclamou 2009 como o "Ano Internacional da Astronomia". O evento celebra o primeiro uso astronomico de um telescópio, por Galileu Galilei - a invenção que desencadeou 400 anos de descobertas astronomicas, promovendo uma revolução científica que alterou profundamente a visão que a humanidade tinha até então do mundo. Hoje, telescópios em solo e em órbita exploram o universo 24 horas por dia em todos os comprimentos de onda do espectro eletromagnético.

O Observatório Nacional é uma das instituições de pesquisas mais antigas do Brasil e foi criado por D.Pedro I em outubro de 1827.

Fonte : Programa Radiofônico da UCS - Prof. Mário Gardelin


Rui Barbosa ( Sempre Atual )

Rui Barbosa ( Sempre Atual )

Minhas Origens

Sou da...


35ª Geração de:

- HUGO I ( Hugo Capeto ) - "Rei dos Francos"- ( * 941 - Paris / França ) c/c ADELAIDE da AQUITÂNIA ( Adelaide de Poitiers )- Rainha consorte da França ;

- GUILHERME I, da PROVENÇA DE ARLES , "O Libertador" - ( Conde de Provença ) c/c ADELAIDE BRANCA DE ANJOU ;

34ª Geração de:

- Conde GEOFFROI I, de GATINAIS ( * Aprox. 880 - Órleans / + 942 - Gatinais / Órleans / França ) c/c AUBE d'AUVERGNE ( * Aprox. 893 );

- ROBERTO I, da FRANÇA ( * Anjou / França Ocidental - + 15/07/923 - Soissons / França ) c/c AÉLIS;

- ARNALDO ERIS de BAIÃO - "III Senhor do Concelho de Baião" ( * Aprox. 950 - Portugal ) c/c UFA;

- ERO FERNANDEZ - "Conde de Lugo" ( * 05/06/845 - Lugo / Galícia / Espanha - + 05/02/892 - Deza / Sória / Castelo de Leão / Espanha ) c/c ADOSINDA ROMANEZ de MONTERROSO ( * 845 - Coimbra / Portugal ) ;

- EGAS ERMIGES - "O Bravo" c/c GONTINHA ERIS;

- MONINHO VIEGAS - "O Gasco" ( * Aprox. 1000 - Espanha - + 1022 - Batalha de Vila Boa do Bispo - Portugal ) c/c VALIDA TROCOZENDAS ( * Espanha );

- ERMÍGIO ALBOAZAR ( * Aprox. 980 - Portugal - + 1044 ) c/c VIVILI TURTEZENDES ( * Aprox. 980 - Portugal );

- ARALDO GODOSENDES c/c ???

- Dom VIZOI VIZOIS c/c MUNIA de NOVELLAS ( * 960 );

- Conde SUERO de NOVELLAS ( * 894 ) c/c MAYOR ( MUNIA ) DIAS de CASTILE ( * 894 );

- ABOAZAR ( ABU-NAZR ) LOVESENDES c/c UNISCO GODINHES;

- Rei SANCHO GARCÊZ I, de PAMPLONA ( * 880 - + 11/12/925 - San Esteban de Deio / Monjardim / Navarra / Espanha ) c/c Rainha TODA AZNÀRES - "Rainha de Pamplona" ( * 02/01/876 + 15/10/958 );

- GONZALO FERNÁNDEZ de LARA - "Conde de Burgos" ( * 863 ) c/c MUNIADONNA NUÑES - "A Cometíssima" ( * 875 + 05/08/938 - Espanha );

- Conde BERNARDO I, de RIBAGORÇA ( * 880 + 955 ) c/c TODA GALINDES, de ARAGÃO - "Senhora de Sobrarbe";

- GUILHERME GARCÊZ, da GASCONHA c/c ???

- GUTERRE OZORES, de COIMBRA c/c ALDONÇA MENDES;

- HUGO - "O Grande" - "Duque dos Francos" - "Conde de Paris" - ( * 898 + 19/06/956 ) c/c EDVIGES, da SAXÔNIA;

- Conde FULCO II, de ANJOU - "O Bom" - (* 900 + 11/11/958 ) c/c GERBERGE de MAINE;

- Rei RAMIRO I, de ASTÚRIAS - "Ramiro Bermudes - O Castelhano" ( * Aprox. 790 ) c/c URRACA;

- Conde FLÁVIO TEODÓSIO SOARES, de COIMBRA ( * 780 - Coimbra / Portugal ) c/c MUNIA MARIA SUEIRA ;

- ANZUR FERNANDES c/c CONSTANÇA FERNANDES FIGUEROA;

- PAYO GODINS de AZEVEDO c/c Dna GONTINHA NUNES VELHO;

- Príncipe ALBERICO II, de SPOLETO ( * 912 - Roma / Lázio / Itália - + 31/08/954 - Roma / Lázio / Itália ) c/c STEFÂNIA SENATRIX de ROMA;

- Conde REINALDO I, de BORGONHA ( * 986 - Borgonha / França - + 04/09/1057 - Marne / Champagne-Ardenne / França ) c/c ALICE, da NORMANDIA;

- Rei AFONSO VI, de LEÃO e CASTELA - "O Bravo" c/c CONSTANCE, de BORGONHA - "Rainha Consorte de Leão";

- Conde RAMÓN BERENGUER I, de BARCELONA c/c ALMODIS de LA MARCA;

33ª Geração de:

- BOUCHARD D'ORLEANS ( * Montmorency - França );

- Conde HERIBERT II, de VERMANDOIS ( * Aprox. 880 / + 23/02/943 ) c/c ADÈLE DE FRANCE ( * Aprox. 898 - Normandia );

- GOSENDO ARNALDES ( * Aprox. 975 ) c/c LEUGINDA VIEGAS ARNALDES DE BAIÃO;

- EGAS ERMIGES - "O Bravo" ( * 975 ) c/c GONTINHA ERIS;

- GUIDO ARNALDES c/c ???

- Conde GUTIÉRRE ARIAS de MENÉNDEZ- "D. Fruela Mendés II" - ( * Aprox. 880 - Lugo / Galícia / Espanha ) c/c ALDARA ÁLVAREZ ÉRIZ de LUGO - "Santa Ilduara" ( * Aprox. 880 - Espanha / + 948 );

- GOMES ECHIGES c/c GONTRONDE MONIZ;

- EGAS MONIZ de RIBADOURO - "O Velho" ( * Aprox. 977 - Portugal / + 1022 - Batalha de Vila Boa do Bispo / portugal ) c/c TODA ERMIGUES;

- GALINDO ARALDES c/c ???

- Conde SANCHO ORDONHES c/c ???

- ECHEGA GUIÇOI ( * Aprox. 985 / + 07/01/1065 ) c/c ARAGUNTA GONÇALVES da MAIA;

- Dom TRASTAMIRO ALBOAZAR - "I Senhor da Maia" (* Aprox. 980 / Espanha ) c/c DÓRDIA SOARES;

- EGAS ( Lala ) ERIZ ( * Aprox. 950 - Agueda / Aveiro / Portugal ) c/c ILDÔNCIA FROMARIQUES ( * Aprox. 960 );

- Rei GARCIA SANCHES I, de PAMPLONA - "Garcia III Sanchez de Navarra" c/c ANDREGOTO GALINDEZ - "Condessa de Aragão";

- Conde FERNÁN GONZALES, de CASTELA ( * 910 / + 07/970 - Burgos / Espanha ) c/c SANCHA SANCHEZ de NAVARRA - "Rainha Consorte de Leão" ( * Aprox. 900 / + 09/06/952 );

- Conde RAIMUNDO II, de RIBAGORÇA ( * 910 / + 970 ) c/c GERSENDA de FÉZENZAC;

- Rei RAMIRO II, de LEÃO c/c AUSENDA GUTERRES;

- Rei HUGO I, dos FRANCOS - "Hugo Capeto" ( * 941 - Paris / França - + 24/10/996 - Paris / França ) c/c ADELAIDE DE AQUITÂNIA - "Adelaide de Poitiers";

- Conde GUILHERME I, da PROVENÇA e ARLES c/c ADELAIDE BRANCA DE ANJOU;

- Rei ORDONHO I, de ASTÚRIAS ( * 830 / + 27/05/866 - Oviedo / Astúrias) c/c NUNA;

- Conde GUTERRE HERMENEGILDO, de COIMBRA ( * 810 - Coimbra / Portugal - + 875 / Astúrias / Portugal ) c/c ELVIRA ANZURES ( * 827 ) ;

- Conde GATÓN, de BIERZO ( * 853 - + 878 ) c/c EGILONA;

- GONÇALO VIEGAS de MARNEL c/c ???

- GARCIA ALFONSO de LEÓN ( * Aprox. 1065 - Astúrias / Espanha ) c/c ESTEVAINHA MENDES ;

- NUNO PAIS de AZEVEDO - "O Vida"- ( * Aprox. 1100 ) c/c GONTINHA NUNES ( * Aprox. 1085 );

- Conde GREGÓRIO I, de TUSCOLO - " Senhor da Galeria, Arce e Preneste" ( * Aprox. 1006 ) c/c MARIA;

- Conde GUILHERME I, de BORGONHA - "O Cabeça Dura", "O Grande" ou "O Imprudente" - ( * 1020 Borgonha / França - + 1087 Besançon / França ) c/c ESTEFÂNEA da BORGONHA - "Etiennete de Longwy" ( * Aprox. 1035 );

- RAIMUNDO de BORGONHA - "Conde da Galícia" c/c Rainha URRACA I, de LEÃO e CASTELA ( * 1080 - + 08/03/1126 - Saldaña / Palencia / Castela e Leão / Espanha );

- RAMÓN BERENGUER II, de BARCELONA - "O Cabeça de Estopa" c/c MAFALDA DE APULIA CALÁBRIA;

- GILBERTO de GÉVAUDAN c/c GERBERGE, de PROVENÇA;

32ª Geração de:

- Infante HENRIQUE de BORGONHA ( * 1035 - Borgonha / França ) c/c SIBILA ( BEATRIZ ), de BARCELONA;

- Rei ALFONSO VI, de LEÃO E CASTELA - "O Bravo" ( * Espanha ) c/c JIMENA MUNHOZ;

- ALBERIC de MONTMORENCY - "Visconde de Orléans" - ( * Aprox. 900 - Montmorency / França ) c/c ???

- Conde THEOBALD I, de BLÓIS - "O Malandro" - ( * Aprox. 913 - Blóis / França ) c/c LUITGARDE de VERMANDOIS - ( * Vermandois / França );

- EGAS GONDESENDES - "Senhor de Baião" - ( * Lugo / Galícia / Espanha ) c/c USCO VIEGAS de VARNEL - ( * Aprox. 1040 );

- SOEIRO GODINS - "O da Várzea" - ( * Aprox. 1000 ) c/c LEDEGÚNDIA TAINHA;

- PEDRO NUÑES DE LARA c/c ???

- MÚNIO FERNANDEZ de TORO - ( * Aprox. 959 ) c/c ELVORA PELAEZ de TORO;

- Conde MÚNIO NUÑO GUTIÉRREZ - ( * Aprox. 1030 - Celanova / Espanha ) c/c SANCHA GOMES - ( * Aprox. 1035 - Portugal ) ;

- ERMÍGIO VIEGAS - "Senhor de Ribadouro" - ( * Aprox. 1020 ) c/c UNISCO PAIS ( * Aprox. 1030 );

- D. TROITOSENDO GAENDES de PAIVA c/c ???

- Conde NUNO VASQUEZ c/c Condessa FRONILDE SANCHEZ;

- Conde FERNANDO DIAS c/c Condessa ENDERQUINA MONIZ;

- MENDO GOMES - "Moraçabe de Toledo" - ( * Toledo / Espanha ) c/c EUFÁSIA de TOLEDO - ( * Toledo / Espanha );

- MONINHO ERMIGUES de RIBADOURO - "O Gasco" - c/c ???

- GOMES ECHIGES - ( * Aprox. 1010 - Felgueiras / Porto / Portugal ) c/c GONTRONDE MONIZ;

- GONÇALO TRASTAMIREZ - "II Senhor da Maia" - ( * Aprox. 1000 - Portugal ) c/c UNISCO SISNANDES - ( * Aprox. 1000 - Espanha );

- GONÇALO VIEGAS de MARNEL c/c CHAMOA HONORIQUES;

- Rei SANCHO GARCÊS II, de PAMPLONA - "Rei de Navarra" - ( * Aprox. 935 ) c/c Rainha URRACA FERNANDES, de CASTELA;

- Conde FERNANDO BERMUDES c/c ELVIRA DIAS de SALDANHA;

- Conde GARCIA FERNANDES, de CASTELA - "O das Mãos Brancas" - ( * Aprox. 941 ) c/c Condessa AVA, de RIBAGORÇA;

- Rei ORDONHO III, de LEÃO - ( * 925 ) c/c URRACA FERNANDES, de CASTELA;

- Rei ROBERTO II, da FRANÇA - "O Piedoso" - ( * 27/03/972 - Órleans / França ) c/c CONSTANÇA de ARLES ( * 986 );

- DAMÁSIO, de SEMUR c/c AREMBURGA, de BORGONHA;

- Rei AFONSO III, de ASTÚRIAS - ( * 852 - Zamora / Castela de Leão / Espanha ) c/c Rainha JIMENA GARCÊS, de PAMPLONA - ( * 848 );

- Conde HERMENEGILDO GUTIÉRREZ ANZURES, de COIMBRA - ( * Aprox. 842 - Coimbra / Portugal ) c/c Duquesa HERMEZENDA GATONES de BIERZO - ( * Aprox. 870 - Bierzo / Espanha );

- FERNANDO AFONSO de TOLEDO - ( * Aprox. 1074 - Toledo / Espanha ) c/c URRACA VIEGAS de MARNEL ( * Aprox. 1075 - Toledo / Espanha );

- RAIMUNDO GARCIA de PORTOCARREIRO - ( * Aprox. 1100 ) c/c GONTINHA NUNES de AZEVEDO - ( * Aprox. 1130 );

- ALBERICO III - "Conde de Tuscolo" - ( * 990 ) c/c EMMELINA;

- Conde HUMBERTO II, de SABÓIA - "O Gordo" - ( * 1065 ) c/c GISELA, de BORGONHA - ( * Aprox. 1070 - França );

- Rei AFONSO VII, de LEÃO e CASTELA - "O Imperador" - ( * 01/03/1105 - Grajal / Galícia / Espanha ) c/c BERENGUELA, de BARCELONA;

- RAMÓN BERENGUER III, de BARCELONA - "O Grande" c/c DULCE I, de PROVENÇA;


- 31ª Geração de:

- Duque ROBERTO I, de BORGONHA - "O Velho" - ( * 1011 - França ) c/c Duquesa HÉLIA HUGO de SEMUR;

- BOUCHARD I, DE BRAY ( * 930 - Montmorency / França ) c/c HILDEGARDE de BLOIS ( * Aprox. 940 - Blois / Orléans / França );

- GODINHO ( GUIDO ) VIEGAS DE AZEVEDO ( * 1030 - Espanha ) c/c MARIA SOARES DE VÁRZEA;

- NUNO SOARES VELHO c/c AUSENDA TODEREIS;

- RODRIGO PÉREZ DE MARANÓN c/c ???

- SOEIRO MENDES DA MAIA - "O BOM" - (* Aprox. 1100 ) c/c GONTRONDE MONIZ ( * 1060 -Vilelafranca del Bierzo / Espanha );

- Conde GOMEZ NUÑES DE POMBEIRO ( * Aprox. 1070 ) c/c ELVIRA PEREZ DE TRAVA;

- MONINHO ERMIGES - "O GASCO" ( * Aprox. 1050 - Portugal ) c/c OUROANA ( * Aprox. 1060 );

- AFONSO NUNES DE CELANOVA c/c MARIA FERNANDES, de ASTÚRIAS;

- D. RUI GRACIA DE VILAR MAYOR - "RUI BARBA" c/c ???

- PAIO GONÇALVES ( * Aprox. 1131 - Tábua / Coimbra / Portugal ) c/c ???

- GUEDA ( GUEDEÃO ) MENDES - "O VELHO" c/c ???

- MENDO MONIZ DE RIBA D'OURO c/c ???

- EGAS GOMES DE SOUSA ( * Aprox. 1035 ) c/c GONTINHA GONÇALVES DA MAIA ( * Aprox. 1040 - Maia / Porto / Portugal );

- FERNÃO AFONSO GONÇALVES DE MARNEL c/c ???

- Rei GARCIA SANCHES II, de PAMPLONA - "O TREMEDOR" - ( * 964 ) c/c Rainha JIMENA FERNANDES, de NAVARRA;

- Conde SANCHO GARCIA, de CASTELA - "O DOS BONS FOROS" - ( * 970 - Castela / Espanha ) c/c URRACA GOMES;

- Rei BERMUDO II, de LEÃO - "O GOTOSO" c/c ELVIRA GARCIA, de CASTILLA ( Rainha Consorte de Leão );

- Rei FERNANDO I, de CASTELA - "O MAGNO" - c/c Rainha SANCHA I, de LEÃO;

- MUNIO MUÑOZ c/c VELAZQUITA;

- Rei ORDONHO II, de LEÃO ( * Aprox. 873 ) c/c ELVIRA MENDES;

- Conde ÁRIAS MENDES DE COIMBRA ( * 874 - Coimbra ) c/c CONSTANÇA ÁRIAS;

- GOMES MENDES GUEDES c/c CHAMÔA ( FLÂMULA ) MENDES SOUSA ;

- HENRIQUE FERNANDES de TOLEDO - "O MAGRO" ( * Aprox. 1120 ) c/c OUROANA RAIMUNDES DE PORTOCARREIRO ( * Aprox. 1140 );

- Conde GREGÓRIO II, de TUSCOLO ( * Aprox. 1025 ) c/c ???

- Conde AMADEU III, de SABÓIA - "O CRUZADO" - ( * 1095 - Turin / Itália ) c/c Condessa MAHAUT de ALBON ( * 1105 );

- Rei FERNANDO II, de LEÃO E CASTELA ( * 1137 ) c/c URRACA, de PORTUGAL;

- Conde RAMÓN BERENGUER IV, de BARCELONA - "O SANTO" ( * Aprox. 1113 - Barcelona / Espanha );

30ª Geração de:

- Dom AFONSO I, de PORTUGAL , ( Dom Afonso Henriques ) "O Conquistador" , 1º Rei de Portugal ( * 1109 - Coimbra / Portugal ) c/c MAFALDA de SABÓIA ( Rainha consorte de Portugal );

- BOUCHARD II, de BRAY c/c IDELINDE;

- PAYO GODINS DE AZEVEDO ( * Aprox. 1030 - Portugal ) c/c Dna. GONTINHA NUNES VELHO ( * Portugal );

- PAIO CURBO DE TORONHO ( Toronho / Galicia / Espanha ) c/c MARIA MARANÓN ( * Espanha ) ;

- PAYO SUARÉZ DE AMAYA - "Zapata" c/c CHAMÔA ( FLÂMULA ) SOARES GOMES DE POMBEIRO;

- EGAS MONIZ - "O Aio" - ( * Aprox. 1080 ) c/c TERESA AFONSO ( * 1111 );

- D. PAIO MOGUDO DE SANDIM - "O Velho" - ( * Aprox. 1080 ) c/c Dna. ??? BARBA;

- FERNÃO BRANDÃO c/c ???

- PAIO DE CARVALHO c/c MARIA GONÇALVES;

- PAIO RAMIRO ( * Aprox. 1125 - Portugal ) c/c ???

- HUER ( OER ) GUEDAZ GUEDEÃO ( * Aprox. 1040 - Portugal ) c/c ARAGUNTE GOMES ( * Aprox. 1050 - Portugal );

- MEM GUEDAZ GUEDEÃO ( * Aprox. 1040 - Portugal ) c/c SANCHA MENDES CALVO;

- D. MEM VIEGAS DE SOUSA - "O Sousão" - ( * Aprox. 1070 - Espanha ) c/c TERESA RODRIGUES FERNANDES DE MARNEL;

- Rei SANCHO GARCÊS III, de PAMPLONA - "O Grande" - ( * Aprox. 991 ) c/c MUNIA MAYOR, de CASTELA ( * 995 );

- Rei AFONSO V, de LEÃO - "O Nobre" - ( * 996 ) c/c ELVIRA MENÉNDEZ;

- Infante HENRIQUE DE BORGONHA ( * 1035 - Borgonha / França ) c/c SIBILA ( BEATRIZ ), DE BARCELONA;

- Rei AFONSO VI, de LEÃO E CASTELA - "O Bravo" - ( * 1047 - Compostela / Galicia / Espanha ) c/c Dna. JIMENA MUÑOZ;

- Rei RAMIRO II, de LEÃO ( * 900 ) c/c ONEGA;

- ZAIDAN IBN ZAYD c/c ARAGUNTE FROMARIQUES;

- RODRIGO ÁRIAS c/c ELVIRA BERMUDES;

- D. ORDONHO BERMUDES DE LEÓN c/c FRONILDE PAES DE COIMBRA;

- ÁLVARO DE FERREIRA, DE CASTELA c/c ???

- GUEDA GOMES GUEDEÃO ( * Aprox. 1110 ) c/c URRACA HENRIQUES DE PORTOCARREIRO ( * Aprox. 1120 );

- Conde GREGÓRIO III ( * Aprox. 1052 ) c/c ???

- Rei ALFONSO IX, de LEÃO E GALÍCIA - "O Baboso" - ( * 15/08/1171 - Zamora / Espanha ) c/c Rainha BERENGUELA I, de CASTELA - "A Grande";

- Rei AFONSO II, de ARAGÃO c/c ???

29ª Geração de:

- Conde Dom HENRIQUE de BORGONHA ( * Aprox. 1057 ) c/c TERESA, de LEÃO - ( Condessa de Portugal );

- FERNÃO PAES DE RIBA DE VIZELA c/c URRACA LAVINLEYRA Y LORENZO DE ACUÑA;

- Dom SANCHO I, de PORTUGAL - "O Povoador", 2º Rei de Portugal ( * 11/11/1154 - Coimbra / Portugal ) c/c DULCE de ARAGÃO - ( Rainha consorte de Portugal );

- Rei ALFONSO VIII, de CASTELA , "O Nobre" ( * Espanha ) c/c LEONOR, da INGLATERRA ( Rainha consorte de Castela );

- BOUCHARD III, de MONTMORENCY c/c HELVIDE DE BASSET;

- MEM PAIS BUFINHO ( * Aprox. 1110 - Portugal ) c/c SANCHA PAIS TORONHO ( * Aprox. 1170 - Portugal );

- PEDRO PAIS DA MAIA - " O Alferes" - ( * Aprox. 1147 ) c/c ELVIRA VIEGAS;

- PAIO DELGADO ( * Aprox. 1130 ) c/c JONI DELGADO;

- D. XIRA c/c MARIA PAIS;

- D. MEM PAIS MOGUDO c/c ???

- MARTIN FERNANDES BRANDÃO c/c SANCHA PAIS;

- SOEIRO PAIS CORREIA ( * Aprox. 1150 - Portugal ) c/c URRACA HUERIZ GUEDEÃO;

- GOMES MENDES GUEDES ( * Aprox. 1070 - Espanha ) c/c CHAMÔA ( FLÂMULA ) MENDES SOUSA ( * Aprox. 1085 - Toledo / Espanha );

-Conde MONIO OZORES DE CABRERA c/c MARIA NUNES DE GRIJÓ;

- ORDONHO RAMIREZ ( * 1016 ) c/c CRISTINA BERMUDES;

- Rei FERNANDO I, de CASTELA - "O Magno" c/c Rainha SANCHA I, de LEÃO ( * 1013 );

- FROMARICO VIEGAS c/c AUSENDA;

- Conde D. HENRIQUE DE BORGONHA ( * Aprox. 1057 ) c/c Condessa Dna. TERESA, de LEÃO;

- LOVESENDO RAMIRES ( * 940 ) c/c ZAYRA IBN ZAYDA - "Ortega";

- Conde GODINHO, de ASTÚRIAS ( * Aprox. 913 ) c/c ???

- NUNO RODRIGUES c/c XIMENA ORDONHES DE LEÓN ( * 1010 );

- LOPE INIGUEZ - "O Viscaíno" - c/c UZENDA RAMÍREZ Y GODINEZ;

- FERNANDO ALVARES FERREIRA c/c ???

- GIL GUEDAZ GUEDEÃO ( * Aprox. 1170 ) c/c MARIA FERNANDES DE SOUSA;

- Conde PIETRO de COLONNA ( * Aprox. 1078 ) c/c ELENA DA PALESTINA;

- Rei FERDINANDO III, de CASTELA - "O Santo" - ( * 05/08/1199 - Salamanca / Castelo de Leão / Espanha ) c/c BEATRIZ DE SUÁBIA;

- Rei PEDRO II, de ARAGÃO - "O Católico" c/c MARIA DE MONTPELLIER;

- 28ª Geração de:

- RUY MARTINS DE OLIVEIRA c/c SANCHA ANNES PAES DE RIBA DE VIZELA;

- D. AFONSO I, de PORTUGAL - "O Conquistador", 1º Rei de Portugal ( * 1109 - Coimbra / Portugal ) c/c CHAMOA GOMES;

- D. AFONSO II, de PORTUGAL - "O Gordo", 3º Rei de Portugal - ( * Coimbra / Portugal ) c/c URRACA DE CASTELA;

- ALFONSO X, de CASTELA E LEON - "O Sábio" ( * 23/11/1221 - Toledo / Espanha ) c/c MARIA MAYOR de GULLÉM E GUSMÁN;

- Barão HERVÉ BOUCHARD DE MONTMORENCY c/c AGNÈS GUILLAUME d'EU;

- HERMIGO MENDES ( * Aprox. 1150 ) c/c XIMENA ( EXAMEA ) PIRES DE MAIA;

- PERO PAIS ( * 1155 - Portugal ) c/c ???

- MARTIM XIRA ( * Aprox. 1200 ) c/c ALDONÇA FERNANDES BRANDÃO;

- MARTIM MENDES DE MOGUDO ( * 1150 ) c/c TERESA MARTINS ( * 1160 );

- PAIO SOARES CORREIS - "O Velho" - ( * Aprox. 1170 - Santarém / Portugal ) c/c MARIA GOMES DA SILVA;

- EGAS GOMES BARROSO ( * Aprox. 1100 - Portugal ) c/c URRACA VASQUEZ DE AMBIA;

- MARTIM DE OLIVEIRA c/c ???

- FERNÃO PAES DE RIBA DE VIZELA c/c URRACA LAVINLEYRA Y LORENZO DE ACUÑA;

- PAIO SOARES DE GRACEL c/c OURUANA CORREIA;

- MARTIM MONIZ ( * Aprox. 1095 - Portugal ) c/c TERESA AFONSO;

- GARCIA ORDOÑES c/c URRACA FERNANDES DE CASTILLA Y LEÓN ( * Aprox. 1033 - Burgos / espanha );

- SOEIRO FROMARIGUES c/c ELVIRA NUNES ÁUREA;

- ABOAZAR ( ABU-NAZR ) LOVESENDES ( * Aprox. 960 - Castela e Leão / Espanha ) c/c UNISCO GODINHES ( * Aprox. 960 - Espanha );

- ÁRIAS NUNES c/c TERESA NUÑES DE LARA;

- SOEIRO SOARES DE DEZA c/c ???

- INIGO LOPEZ EZQUERRA c/c TODA FORTÚNEZ;

- GONZALO FERNANDES DE FERREIRA c/c ???

- RODRIGO ANES c/c ???

- MARTIM GIL DE ARÕES c/c TODA LOURENÇO DE GUNDAR;

- ODDONE COLONNA ( * 1120 ) c/c ???

- Rei JAIME I, de ARAGÃO - "O Conquistador" - ( * 02/02/1208 - Montpellier / França ) c/c VIOLANTE, da HUNGRIA;

-27ª Geração de:

- JOÃO ANES DE BRITO c/c MADALENA DA COSTA ;

- SOEIRO PAIS DE VALADARES c/c ESTEVAINHA PONCES DE BAIÃO;

- Dom AFONSO III, de PORTUGAL - "O Restaurador", 5º Rei de Portugal ( * 05/05/1210 - Coimbra / Portugal ) c/c D. BEATRIZ ALFONSO, de CASTELA ( * 1242 - Rainha consorte de Portugal );

- PEDRO III, de ARAGÃO , Rei da Espanha c/c CONSTANÇA de HOHENSTAUFEN, ( Princesa "Constança II, da Sicília" - Rainha consorte de Aragão );

- Barão BOUCHARD IV, de MONTMORENCY c/c AGNÈS DE BEAUMONT SUR OISE;

- FERNANDO ERMIGUES ( * Aprox. 1155 - Portugal ) c/c MARIA PAIS;

- DOMINGOS MARTINS DE BULHÃO ( * Aprox. 1220 ) c/c ALDONÇA MARTINS XIRA;

- VASCO MARTINS MOGUDO ( * Aprox. 1190 ) c/c MARIA PAIS DE FRIÃES ( * 1212 );

- PERO VIEGAS BARROSO ( * Aprox. 1160 ) c/c ???

- RUY MARTINS DE OLIVEIRA c/c SANCHA ANNES PAES DE RIBA DE VIZELA;

- JOÃO ANES PESTANA c/c MARIA AFONSO DE PERADA;

- PEDRO DE NOVAIS - "O Velho" - c/c SANCHA ANES;

- RODRIGO AFONSO DE MEIRA c/c OURUANA CORREIA, Filha;

- PEDRO MARTINS DA TORRE ( * Aprox. 1160 - Braga / Portugal ) c/c TERESA SOARES DA SILVA;

- OSÓRIO GARCIA - "Conde de Cabrera" - ( * 1075 - Portugal ) c/c SANCHA MONIZ;

- NUNO SOARES DE GRIJÓ c/c ELVIRA GOMES;

- D. SANCHO NUNES DE BARBOSA c/c Infanta Dna. TERESA AFONSO;

- FRUMARICO ALBOAZAR c/c???

- PEDRO ARIAS DE ALDANA c/c EGILONA SUÁREZ de DEZA;

- LOPE INIGUEZ ( * 1050 ) c/c TECLA DIÁZ;

- SANCHO SANCHEZ c/c URRACA ORDOÑEZ;

- PAIO VASQUEZ DE BRAVÃES c/c SANCHA SOARES VELHO;

- PEDRO GONZALES DE FERREIRA c/c ???

- JUAN RODRIGUES BORGES c/c CATALINA LOPEZ;

- LOURENÇO MARTINS - "O Ganso" c/c MAIOR PIRES ERVILHOSA;

- GIORDANO COLONNA ROMANO ( * 1150 ) c/c ???

- PAOLO CONTI ( * Aprox. 1172 ) c/c ???

- NUNO MARTINS DE CHACIM c/c TERESA NUNES QUEIXADA;

- 26ª Geração de:

- GONÇALO ZARCO ( * Aprox. 1275 ) c/c ???

- MATHIEL BOUCHARD HERVÉ DE MONTMORENCY c/c ALIX FITZROY;

- SOEIRO FERNANDES DE ALBERGÁRIA ( * Aprox. 1220 - Portugal ) c/c SANCHA MARTINS DE ALBERGÁRIA;

- RUI VASQUES QUARESMA ( * Aprox. 1240 ) c/c MARIA PIRES DA VIDE;

- AFONSO ANES DE BRITO - "O Padre" - ( * Évora / Portugal ) c/c AUSENDA DE OLIVEIRA ;

- Dom DINIZ I, de PORTUGAL - "O Lavrador" , 6º Rei de Portugal ( * 09/10/1261 - Lisboa / Portugal ) c/c Santa ISABEL de ARAGÃO ," A RAINHA SANTA" , Infanta Aragoneza e Rainha consorte de Portugal ( * 04/01/1271 - Saragoça / Aragon / Espanha );

- SANCHO IV, de CASTELA - "O Bravo" - ( Rei da Espanha ) c/c MARIA DE MOLINA;

- FERNANDO RODRIGUES DE CASTRO c/c VIOLANTE SANCHEZ;

- PEDRO DE OLIVEIRA ( * Aprox. 1235 - Portugal ) c/c ELVIRA ANES PESTANA ( * Aprox. 1240 - Portugal );

- AFONSO DE NOVAIS c/c TERESA PIRES DE MEIRA;

- FERNÃO GONÇALVES TURRICHÃO - "O Farroupim" c/c SANCHA RODRIGUES;

- JOÃO PERES VASCONCELOS - "O Tenreiro" - ( * Aprox. 1200 - Portugal ) c/c Condessa MARIA SOARES COELHO;

- GARCIA MONIZ c/c ???

- Conde MONIO OZORES, DE CABRERA ( * 1100 - Portugal ) c/c MARIA NUNES DE GRIJÓ;

- NUNO PAIS DE BRAGANÇA c/c Dna. FROILE SANCHEZ;

- TEODOREDO FROMARINGUES - "Cid" - c/c FARÉGIA FORJAZ;

- AIRES NUNES c/c XIMENA NUNES;

- DIEGO LÓPEZ I, de HARO - "El Blanco López" - ( * 1075 ) c/c MARIA SANCHEZ ORDOÑES LEMOS;

- TRASTAMIRO ALBOAZAR RAMIREZ c/c MENDOLA GONSALEZ;

- PERO AIRES DE VALADARES c/c MÓR PAIS DE BRAVÃES;

- PEDRO PERES DE FERREIRA c/c ???

- ESTEBAN ANES BORGES c/c ???

- ESTEVÃO LOURENÇO GANSO c/c TERESA GOMES DE AZEVEDO;

- GIORDANO COLONNA c/c FRANCESCA CONTI;

- LOURENÇO SOARES DE VALADARES c/c SANCHA NUNES DE CHACIM;

- 25ª Geração de:

- ESTEVÃO GONÇALVES ZARCO ( * Aprox. 1300 ) c/c ???

- ROBER VAN WIESE c/c ???

- GUILHERME DE SANTARÉM c/c ???

- Dom MARTINHO AFONSO DE BRITO "Bispo de Évora"

- Dom AFONSO IV, de PORTUGAL - "O Bravo" , 7º Rei de Portugal ( * 08/02/1291 - Coimbra / Portugal ) c/c D. BEATRIZ de MOLINA, CASTELA E LEON ( * 1293 - Toro / Castilla de Leon / Espanha ) - Infanta do reino de Castela e Rainha de Portugal;

- Dom PEDRO FERNANDES DE CASTRO , 3º Conde de Lemos c/c ALDONÇA LOURENÇO DE VALADARES;

- BOUCHARD V, de MONTMORENCY c/c FLORENCE LAURENCE de MONTMORENCY;

- ESTEVÃO SOARES DE ALBERGÁRIA - "O Velho" - ( * Aprox. 1260 ) c/c MARIA RODRIGUES QUARESMA ( * Aprox. 1260 - Portugal );

- LOURENÇO MARTINS DE SOALHÃES c/c MARIA PAIS DE OLIVEIRA;

- RUI DE NOVAIS DE MEIRA c/c MARIA FERNANDES TURRICHÃO ( * Aprox. 1300 - Pontevedra / Galicia / Espanha );

- RODRIGO ANES VASCONCELOS - "Penagate" - ( * Aprox. 1230 - Aveiro / Portugal ) c/c MÉCIA RODRIGUES PENELA;

- MONINHO MONIZ c/c ???

- PAIO MONIZ DE RIBEIRA ( * Portugal ) c/c URRACA NUNES DE BRAGANÇA;

- PAIO PIRES ROMEU c/c GODA SOARES;

- NUNO SOARES VELHO c/c AUSENDA TODEREIS;

- JOÃO AIRES DE VALADARES c/c GONTINHA GOMES DE PENAGATE;

- D. LOPE DIAZ c/c ALDONZA RODRÍGUEZ;

- D. PAYO GUTERRES DA CUNHA ( * Aprox. 1100 Gascogne / França ) c/c AUSENDA TRASTAMIRES;

- RENDULFO SOLEIMA c/c EIXA;

- GOMES PIRES MACIEIRA c/c MARINHA OSORES PAIS;

- ESTEBAN PERES DE FERREIRA c/c MARGARITA ESTEBANES BORGES;

- GOMES AFONSO DO CASAL c/c ???

- JOÃO LOURENÇO ESCOLA c/c MAIOR ESTEVES DE AZEVEDO;

- GIOVANNI COLONNA ( * Aprox. 1225 );

-24ª Geração de:

- ETIENE VAN LEDEGHEN c/c CATARINA VAN WIESE ;

- PEDRO PIRES ESTEVES ZARCO ( * Aprox.1235 ) c/c ???

- AFONSO GUILHERME DE SANTARÉM ( * Aprox. 1325 ) c/c ???

- MARTIM AFONSO DE BRITO c/c MAYOR RODRIGUES;

- GONÇALO ESTEVES DE AZAMBUJA c/c VIOLANTE SOARES DE ALBERGÁRIA;

- Dom PEDRO I, de PORTUGAL - "O Justiceiro" , 8º Rei de Portugal ( * 08/04/1320 - Coimbra / Portugal ) c/c INÊS DE CASTRO , Rainha póstuma de Portugal ( * 1320 Galicia / Espanha );

- MARTIN ALFONSO TELES DE MENEZES c/c ALDONÇA ANES DE VASCONCELOS;

- Barão MATHIEL II, de MONTMORENCY c/c EMMA DE LAVAL;

- ESTEVÃO SOARES DE ALBERGÁRIA - "O Moço" ( * Aprox. 1300 - Portugal ) c/c MARIA LOURENÇO DE SOALHÃES;

- PAIO DE MEIRA ( * Aprox. 1300 ) c/c LEONOR RODRIGUES DE VASCONCELOS;

- PAIO ( PAYO ) DE CARVALHO ( * Portugal ) c/c ???

- NUNO PAIS RIBEIRO c/c MAIOR PAIS ROMEU;

- SOEIRO NUNES VELHO ( * Aprox. 1150 ) c/c TERESA ANES;

- D. PEDRO LÓPEZ LOBO ( * Aprox. 1180 ) c/c ???

- FERNÃO PAIS DA CUNHA ( * Aprox. 1140 ) c/c MÓR RENDUFE;

- LOURENÇO GOMES DE MACIEIRA c/c ???

- PEDRO FERREIRA c/c TERESA GOMES DO CASAL;

- MARTIN ANES DE AZEVEDO - "O Fariseu" - c/c SANCHA MARTINS;

- STEFANO COLONNA - "O Grande" - ( * Aprox. 1265 ) c/c INSULA CALCEDÔNIO;

- 23ª Geração de:

- JAN VAN NIEWENHOVEN c/c ???

- ESTEVÃO PIRES ZARCO ( * Aprox. 1350 ) c/c ???

- JOÃO AFONSO DE SANTARÉM ( * Aprox. 1350 - Santarém / Portugal ) c/c FILIPA LOPES DE COUROS;

- LOURENÇO ANES FOGAÇA c/c ???

- JOÃO AFONSO DE BRITO - "O Velho" c/c MARIA GONÇALVES;

- Infante Dom JOÃO de PORTUGAL ( * 1349 - Coimbra / Portugal ) c/c MARIA TELES DE MENEZES ( * Aprox. 1338 - Coimbra / Portugal );

- GUY VII, de MONTMORENCY - LAVAL c/c PHILIPPA DE VITRÉ;

- ESTEBÁN DOMINGO c/c JUANA XIMENO;

- LOPO SOARES DE ALBERGÁRIA ( * Aprox. 1320 ) c/c MÉCIA RODRIGUES DE MEIRA;

- MEM PAIS DE CARVALHO ( * Portugal ) c/c ???

- PEDRO NUNES RIBEIRO - "O Pestana de Cão" - ( * Aprox. 1170 - Covas / Coimbra / Portugal ) c/c MARIA SOARES VELHO;

- RAIMUNDO VIEGAS DE SEQUEIRA c/c MARIA ANES;

- D. PEDRO PERES LOBO - "Ordonhez Lobo" - c/c SANCHA;

- LOURENÇO FERNANDES DA CUNHA ( * 1180 ) c/c SANCHA LOURENÇO MACIEIRA;

- GARCIA FERNANDES DA PENHA c/c TERESA PIRES DE BAIÃO;

- ESTEVÃO FERREIRA ( * Aprox. 1305 Portugal ) c/c MOR MARTINS;

- GIÁCOMO SCIARRA DA COLONNA ( * Aprox. 1270 - Roma / Itália );

22ª Geração ( ICOSANETO ) de :

- GUILLAUME WILHELM LEM ( * 1365 - Bruges - Condado de Flandres - Bélgica ) c/c CLAIRE ( CATHERINA ) VAN BEERNEM ( * Aprox. 1350 - Bruges - Condado de Flandres - Bélgica );

- AFONSO PIRES RIBEIRO c/c MARIA RAIMUNDO VIEGAS DE SEQUEIRA;

- VICENTE ALVES CURUTELO c/c MAIOR VIEGAS;

- GONÇALO ESTEVES ZARCO ( * 1366 - Matosinhos / Portugal ) c/c BEATRIZ AFONSO ( Brites ) DE SANTARÉM;

- Dom FERNANDO, DE PORTUGAL ( de EÇA ) ( * 1379 - Espanha ) c/c LEONOR DE TEIVE ( * Espanha ) ;

- VASCO MARTINS DE ALBERGÁRIA c/c AIA MARIA NOGUEIRA;

- FERNÃO FOGAÇA c/c LEONOR;

- JOÃO AFONSO DE BRITO - "O MOÇO" c/c VIOLANTE NOGUEIRA;

- JEAN DE BETHENCOURT c/c ???

- GUY VIII, de LAVAL c/c ISABEAU DE BEAUMONT DU GÂTINAIS;

- BLASCO MUÑOZ ADALID c/c PETRONA;

- ÁLVARO VAZQUEZ DE PEDRA ALÇADA c/c VIOLANTE SOARES DE ALBERGÁRIA;

- PAIO MENDES DE CARVALHO c/c ???

- PEDRO PAES LOBO ( * Aprox. 1230 - Portugal ) c/c MAIOR DE MOSCOSO;

- MARTIN LOURENÇO DA CUNHA ( * Aprox. 1210 em Cunha Velha / Porto / Portugal ) c/c SANCHA GARCIA DA PENHA ( * Aprox. 1210 );

- MEM FERREIRA c/c BRITES ANES SANDIM;

- RODRIGO LOPES DE SEQUEIROS c/c CECÍLIA COLONNA;

21ª Geração ( NONADECANETO ) de :

- GOMES FERREIRA c/c IZABEL PEREIRA DE LACERDA;

- MARTIM DE CARVALHO c/c ???

- PEDRO AFONSO RIBEIRO c/c ALDA MARTINS CURUTELO;

- JOÃO SOARES DE PAIVA c/c MADALENA;

- MARTIN LEM, "O Velho" ( * Aprox. 1385 - Bruges - Condado de Flandres - Bélgica ) c/c joana barroso ( * Aprox. 1388 - Lisboa - Portugal );

- JOÃO GONÇALVES ZARCO ( * 1390 - Matosinhos / Portugal - Primeiro Donatário do Funchal ) c/c CONSTANÇA RODRIGUES;

- Dom JOÃO HENRIQUE DE NORONHA c/c BEATRIZ;

- DIOGO FOGAÇA c/c ISABEL DE BRITO ;

- Dom GARCIA DE EÇA ( * Fidalgo da Casa Real / Alcaide Mor de Muge ) c/c JOANA SOARES DE ALBERGÁRIA;

- PHILLIPE DE BETHENCOURT ( * 1226 - Normandia - França ) c/c ???

- GUY IX, de LAVAL - "Conde de Caserta"" c/c BEATRIX VAN GAVERE;

- IBAÑEZ ESTEBÁN DE VILLA FRANCA c/c ???

- VASCO GONÇALVES BORGES c/c ???

- FERNÃO PERES LOBO c/c MARIA DE BRITO;

- PEDRO VAZ DE PEDRA ALÇADA c/c ???

- VASCO FERNANDES MASCARENHAS c/c ???

- GONÇALO MARTINS DA CUNHA - "O Camelo" - c/c TERESA ANES DE PORTOCARREIRO;

20ª Geração ( OCTADECANETO ) de :

- GONÇALO AYRES FERREIRA c/c ISABEL FERREIRA;

- LOURENÇO MARTINS DE CARVALHO ( * Aprox. 1250 - Portugal ) c/c SANCHA PIRES;

- AFONSO PIRES RIBEIRO ( neto ) c/c CLARA ( ou URRACA ) ANES DE PAIVA;

- PEDRO ESTEVES c/c ???

- MARTIN LEM, "O MOÇO" ( * Aprox. 1405 - San Wenock / Flandres/ Paises Baixos - Bélgica ) c/c LEONOR MARIA RODRIGUES ( * Aprox. 1425 - Lisboa - Portugal );

- VASCO DELGADO DE BARROS c/c FRANCISCA ABREU;

- JOÃO GONÇALVES DA CÂMARA ( * Aprox. 1435 - Portugal - "Segundo donatário do Funchal" ) c/c MÉCIA DE NORONHA ( * Aprox. 1440 - Ceuta / Espanha );

- JOÃO FOGAÇA ( * 1453 - Portugal ) c/c MARIA DE EÇA;

- REGNAUT II, DE BETHENCOURT ( Aprox. 1250 - França ) c/c ???

- RICHARD DE BRACQUEMONT c/c ???

- GUY X, de LAVAL - " Barão de Vitré" ( * Aprox. 1300 - França ) c/c BEATRIX DE DREUX;

- JOANES ESTEBÁN c/c ???

- GERARD VAN DER WALLE c/c ???

- GONÇALO VASQUES BORGES c/c CATARINA VASQUES;

- LOPO FERNANDES LOBO c/c MARIA VAZ MASCARENHAS ;

- NUNO PIRES DE OUTIZ;

- FERNÃO GONÇALVES CAMELO c/c CONSTANÇA PIRES DE ARGANIL;

19ª Geração ( HEPTADECANETO ) de :

- Jan van Aertrycke ;

- RUI LOURENÇO DE CARVALHO c/c INÊS AFONSO RIBEIRO;

- ADÃO GONÇALVES FERREIRA ( * Aprox.1440 - Funchal / Ilha da Madeira / Portugal ) c/c BRITES ESTEVES ( * Aprox. 1445 - Ilha da Madeira / Portugal )

- PEDRO GONÇALVES DA CÂMARA ( ZARCO ) - ( * Aprox. 1470 - Portugal ) c/c JOANA DE EÇA ( * 1480 );

- ANTONIO LEME ( * 1441 - Fuentes de maya - Galiza - Espanha ) c/c ???

- LOPO VAZ DELGADO ( * Aprox. 1485 - Arruda dos vinhos / Lisboa / Portugal ) c/c CATHARINA DE BARROS;

- JEAN I, DE BETHENCOURT ( * Aprox. 1275 - França ) c/c NICOLE DE GRAINVILLE;

- JEAN DE SAINT MARTIN LE GAILLARD ( Aprox. 1270 - Saint Martin Le Gaillard / França ) c/c ISABEAU DE HARCOURT;

- RENAUD BRACQUEMONT E TRAVACAN c/c ???

- ESTEBÁN DOMINGO ( "Alcaíde de Ávila") c/c MARIA GARCIA;

- GILLES VAN DER WALLE c/c MARGRIET ;

- JOSSE BONIN c/c ???

- PEDRO ROIZ c/c FRANCISCA GIL DE CARVALHO;

- DIOGO LOPES LOBO c/c ALDONÇA MARTINS TOSCANO;

- OLIVIER V, de CLISSON ( * 23/04/1336 - Clisson / França ) c/c BEATRIX DE MONTMORENCY-LAVAL ( * Aprox. 1335 - França );

- GONÇALO GONÇALVES BORGES c/c CATARINA VASQUES DE GÓIS;

- GOMES NUNES DE OUTIZ c/c MELICIA FERNANDES CAMELO;

18ª Geração ( HEXADECANETO ) de:

- SIMON VAN AERTRIJCKE ( * antes de 12/1344 ) c/c ???

- LOURENÇO RODRIGUES DE CARVALHO c/c BRANCA LOURENÇO;

- RUI MARTINS DE FREITAS c/c ???

- MARTIN LEM ( * Aprox. 1461 - Bruges - Condado de Flandres / Paises Baixos - Bélgica ) c/c MARIA ADÃO FERREIRA ( * 1465 - Ilha da Madeira - Portugal );

- PEDRO GONÇALVES DA CÃMARA ( ou DA CLARA ) ( * Aprox. 1490 - Ilha da Madeira - Portugal ) c/c ISABEL DE BARROS;

- JEAN II, DE BETHENCOURT c/c ISABEAU DE CRERMONT;

- REGNAUT I, DE BRACQUEMONT ( * 1300 - França ) c/c ???

- ESTEBÁN PERES DE ÁVILA c/c ???

- JEAN I, DE BLOIS - CHÂTILLON ( * 1340 - Verberie / França ) c/c MARGUERITE DE CLISSON ( * Aprox. 1366 - França );

- BARTHOLOMÉ VAN DER WALLE c/c KATHERINA BONIN ;

- TRISTÃO BORGES c/c CATARINA AFONSO DE BASTO;

- DOMINGOS ANES c/c ESTEVAINHA ANES ;

- RUI DIAS LOBO c/c MARIA VASQUEZ ;

- TRISTÃO GOMES PINHEIRO c/c BRANCA ESTEVES;

- Cacique Guaianá AMYIPAGUANA GUAIANÁ c/c ÍNDIA TUPINIQUIM;

17ª Geração ( PENTADECANETO ) de :

- BERNARD VAN AERTRIJCKE c/c MARIA BONIN;

- VASCO GONÇALVES PEIXOTO c/c GUIOMAR ANES;

- AFONSO LOURENÇO DE CARVALHO c/c MOR RODRIGUES DE FREITAS;

- MARTIM GOMES LOBO c/c MAYOR ESTEVES PINHEIRO;

- ANTÔNIO LEME ( * 1500 - Fuentes de Maya - Galicia - Espanha ) c/c CATHARINA DE BARROS ( * 1504 - Funchal - Ilha da Madeira - - Portugal );

- JEAN III, DE BETHENCOURT c/c MARIE DE BRACQUEMONT ;

- GUILLAUME DE FAYEL ( * Aprox. 1340 - França ) c/c MARGUERITE DE CHÂTILLON ( * Aprox. 1350 - França );

- GONZALO GONZALES DE ÁVILA c/c ???

- FERNÁN BRÁSQUEZ DE ÁVILA c/c LUMBRE GARCIA;

- GILES VAN DER WALLE c/c AVEZOETE BONIN ;

- JORGE BORGES, "O VELHO" - ( * Lisboa - Portugal ) c/c ISABEL ABARCA ;

- Cacique PIQUEROBY URURAI-PE ( * Aprox. 1480 - São Paulo ) c/c Índia Tapuia ( * São Vicente - SP );

- Cacique Guaianá AMYIPAGUANA GUAIANÁ c/c ÍNDIA TUPINIQUIM;

16ª Geração ( TETRADECANETO ) de :

- JACOB VAN AERTRIJCKE c/c MARIA VAN DER WALLE;

- JOSSE FERTEYNS c/c ???

- JAN DE KERSEMAKERE - "JOÃO DA SILVEIRA, O VELHO" ( * 1456 - Bruges / Flandres / Bélgica ) c/c GUIOMAR BORGES ABARCA ;

- AMADEU VIII , DE SABÓIA ( * 1387 ) c/c ???

- RUI VASQUES PEIXOTO c/c TERESA FERNANDES;

- COSME FERNANDES PESSOA- "O BACHAREL" ( * Aprox. 1480 - Portugal ) c/c Índia TEBERÊ - KARAY-YÓ PESSOA ( * Aprox. 1505 - São paulo );

- ANTÃO LEME ( * Funchal - Ilha da Madeira - Portugal ) c/c ???

- Cacique Guaianá MARTIN AFONSO TIBIRIÇÁ ( * Aprox. 1480 - Piratininga - SP ) c/c POTYRA, Índia Tapuia ( * Santo André - SP );.

- REGNAUT DE BETTENCOURT ( * Aprox. 1364 - França ) c/c PHILLIPPOTE DE FAYEL ( * Aprox. 1370 - Paris / França ) ;

- ESTEBÁN DOMINGUES DE ÁVILA ( * Aprox. 1350 - Espanha ) c/c XIMENA BRASQUEZ DE ÁVILA;

- DIOGO AFONSO DE CARVALHO c/c BRANCA PINHEIRO;

- ANTÔNIO RODRIGUES ( * Aprox. 1495 - Portugal ) c/c Índia ANTÔNIA USSÚ RODRIGUES ( * 1525 - São Vicente / São Paulo );

15ª Geração ( TRIDECANETO ) de :

- GEORGES DE BETTENCOURT ( * 09/01/1389 - França ) c/c ELVIRA GONÇALVES DE ÁVILA ( * Aprox. 1390 - Ávila / Castilla e Leon / Espanha );

- LUÍS FERNANDES BALDAIA c/c ???

- JAN VAN AERTRIJCKE c/c BÁRBARA FERTEYNS;

- WILLEM DE KERSEMAKERE - "Guilherme da Silveira" ( * Aprox. 1435 - Bruge - Condado de Flandres / Bélgica ) c/c MARGARIDA DE ZABUYA ( Sabóia ) - ( * Aprox. 1439 - Bruge - Condado de Flandres / Bélgica );

- ANTON VAN DER BRUYN c/c MARGOT DE SABUYA;

- ÁLVARO PEIXOTO PEREIRA c/c INÊS DE CARVALHO;

- ANTÃO NUNES c/c MARIA DE SIQUEIRA;

- ANTÔNIO FERNANDES ( * 1520 Portugal ) c/c ANTÔNIA RODRIGUES;

- PEDRO LEME ( + 1545 - Funchal - Ilha da Madeira - Portugal ) c/c LUZIA FERNANDES ( * 1555 - Funchal - Ilha da Madeira - Portugal );

- LOPO DIAS ( * Portugal ) c/c Índia BEATRIZ DIAS ( * 1502 - Bertioga - SP );

- ANTÔNIO DE OLIVEIRA ( * Portugal ) c/c GENEBRA LEITÃO DE VASCONCELOS;

- GARCIA RODRIGUES ( * Porto / Portugal ) c/c IZABEL VELHO ( * Porto / Portugal );

- PAULO RODRIGUES ESTEVES c/c ???

14ª Geração ( DODECANETO ) de:

- JUAN SANCHEZ DE ÁVILLA DE BETTENCOURT ( * Aprox. 1400 - Ávilla / Castilla de Leon / Espanha ). c/c MARIA VAZ PADILHA;

- AFONSO GONÇALVES DE ANTONA BALDAIA ( Aprox. 1415 - Porto / Portugal ) c/c ANTÔNIA GONÇALVES ( * Aprox. 1420 );

- JOOSE VAN AERTRIJCKE ( JOZ DA TERRA ) - ( * Aprox. 1450 - Bruges - Condado de Flandres / Bélgica ) c/c MARGARETHE DE KERSEMAKERE ( MARGARIDA DA SILVEIRA ) - ( * Aprox. 1452 - Bruge - Condado de Flandres / Bélgica );

- WILHELM VAN DER BRUYN ( * 02/04/1493 - Funchal - Ilha da Madeira / Portugal ) c/c VIOLANTE VAZ FERREIRA PIMENTEL ( * 12/05/1495 - Funchal - Ilha da Madeira / Portugal );

- GASPAR RODRIGUES EVANGELHO ( Aprox. 1494 - Ilha do Pico - Açores / Portugal ) c/c FILIPPA PEREIRA ( * Ilha do Pico - Açores / Portugal );

- JORGE PEIXOTO DE CARVALHO ( * Aprox. 1480 - Guimarães / Braga / Portugal ) c/c MARIA LOPES ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- PEDRO NUNES DE SIQUEIRA ( * Santos - SP ) c/c IZABEL FERNANDES;

- ÁLVARO RODRIGUES c/c CATARINA GONÇALVES;

- MARTIN FERNANDES TENÓRIO AGUILAR ( * Aprox.1580 - Espanha ) c/c SUZANA RODRIGUES ( * Aprox.1580 );

- JORGE MOREIRA ( * Rio Tinto do Porto / Portugal ) c/c IZABEL VELHO, filha

- MANOEL FERNANDES RAMOS ( * 1550 - Moura / Beja - Portugal ) c/c SUZANNA DIAS ( * Aprox. 1551 - São Paulo - SP );

- ANTÔNIO DE OLIVEIRA GAGO ( * Santos - SP ) c/c IZABEL GONÇALVES;

- BRÁZ TEVES ( * Aprox. 1520 - Funchal / Ilha da Madeira - Portugal ) c/c LEONOR LEME ( * Óbidos - Portugal );

- BELCHIOR FIALHO, "O Velho" c/c ???

13ª Geração ( UDECANETO ) de:

- BARTOLOMEU LUÍS FIALHO ( * Aprox. 1535 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c ISABEL PEREIRA ( * Aprox. 1540 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- ANTÃO GONÇALVES DE ÁVILA ( * 1440 - San Bartolomeu de Pinares / Castilla e Leon / Espanha ) c/c INÊS GONÇALVES DE ANTONA ( * Praia da Vitória / Ilha Terceira /Açores / Portugal );

- JOÃO DA TERRA DA SILVEIRA ( * Aprox. 1490 - Feteria / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c CATARINA DE BRUM PIMENTEL ( * Aprox. 1522 - Funchal / Ilha da Madeira / Portugal );

- RUY DIAS EVANGELHO ( * Aprox. 1524 ) c/c ISABEL DE CARVALHO PEIXOTO;

- Capitão-Mor ANDRÉ FERNANDES ( * Aprox. 1578 - Santana da Parnaíba - SP ) c/c ANTÔNIA DE OLIVEIRA ( * Aprox. 1575 );

- CLEMENTE ÁLVARES c/c MARIA TENÓRIO;

- Capitão ANDRÉ FERNANDES c/c MARIA NUNES;

- BRÁZ ESTEVES LEME ( * Aprox. 1580 - São Vicente - SP ) c/c india GUAYAQUIE;

- PEDRO ÁLVARES CABRAL ( * 1538 - Ponta Delgada ) - Ilha de São Miguel / Açores / Portugal ) c/c SUZANA MOREIRA ( * 1571 - Belmonte / Portugal );

12ª Geração ( DECANETO ) de:

- LÁZARO GOMES, TROZILHO - ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c CLARA GOULART - ( * Aprox. 1578 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- ANTÃO FERNANDES LEAL ( * 1520 Ilha Terceira /Açores / Portugal ) c/c MARIA GONÇALVES DE ÁVILA ( * Praia da Vitória / Ilha Terceira /Açores / Portugal )

- Capitão ANTÔNIO BRUM DA SILVEIRA ( * 01/05/1546 - Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c BEATRIZ EVANGELHO ( * Aprox. 1554 );

- GASPAR BARREIROS ( * 1600 - Braga / Portugal ) c/c MARGARIDA ANTÔNIA;

- PEDRO FERNANDES ( * São Paulo - SP ) c/c ANNA TENÓRIO ( * Aprox. 1609 );

- MIGUEL GARCIA CARRASCO ( * São Lucas de Cana Verde / Sevilha / Andaluzia / Espanha ) c/c ISABEL JOÃO FERNANDES ( * Rio de Janeiro - RJ );

- Capitão PEDRO ÁLVARES MOREIRA CABRAL ( * Aprox. 1580 - São Vicente - SP ) c/c SEBASTIANA FERNANDES ( * Aprox. 1595 - SP );

- Cap. BRÁZ ESTEVES LEME, filho ( * Aprox. 1629 - Santana da Parnaiba - SP / + 1678 - Sorocaba - SP ) c/c ANTÔNIA DIAS;

- AMARO DOMINGUES c/c CATARINA RIBEIRO;

11ª geração ( NONANETO ) de:

- DOMINGOS PINHEIRO BARRETO c/c CATARINA RODRIGUES - ( * Horta / Ilha do Faial – Açores / Portugal );

- MANOEL FERNANDES c/c ???

- MANOEL MACHADO DE ÁVILA c/c MARIA PEREIRA;

- Capitão DIOGO DOMINGUES DE FARIAS ( * 23/03/1611 - Sorocaba - SP ) c/c MARIA PAES, Neta;

- Capitão-Mor MARTIN GARCIA LUMBRIA ( * Aprox. 1639 - São Paulo - SP ) c/c MARIA DOMINGUES DE CANDEAS;

- Coronel PASCHOAL MOREIRA CABRAL, o Velho ( * Aprox. 1628 - Sorocaba - SP ) c/c MARIANNA LEME ( * Aprox. 1630 - São Paulo - SP) ;

- MANUEL PEREIRA GIL c/c MARIA FERREIRA;

- ANTÔNIO JOSÉ MACHADO c/c ANA DO PRADO;

- JOÃO MARTINS ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c ÁGADA ALBERNAZ ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- MAMEDE LUÍS - ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c INÊS FIALHO - ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- ÁLVARO PEREIRA ( * Aprox. 1524 - Ilha do Pico / Açores / Portugal ) c/c FILIPA VAZ DE ÁVILA BETTENCOURT ( * Ilha de São Jorge / Açores / Portugal );

- FRANCISCO PEIXOTO DE CARVALHO c/c ANA DE BRUM;

- BELCHIOR BARREIROS ( * Braga / Portugal ) c/c ANNA TENÓRIO, filha

- JOÃO FREITAS DE FREITAS ( * Cedros / Açores / Portugal ) c/c ANA JORGE ( * Cedros / Açores / Portugal );

- HELENA GONÇALVES ( * Cedros / Açores / Portugal ) c/c ???

- BALTAZAR FERNANDES, "O Parteiro" ( * Cedros / Açores / Portugal ) c/c VIOLANTE DE OLIVEIRA ( * Cedros / Açores / Portugal ) c/c

10ª Geração ( OCTANETO ) de :

- ANTÔNIO VIEIRA DA ROSA ( * 1704 - Freg. N.Sra. doRosário / Ilha de São Jorge - Açores ) c/c THEREZA MARIA PEREIRA DE SOUZA ( * 1714 - Freg. N.Sra. das Neves / do Lugar do Norte Grande - Açores )

- ANDRÉ MACHADO (* Freguesia de Sant’Anna / Ilha de São Jorge – Açores ) c/c MARIANA ( * Freguesia de Sant’Anna / Ilha de São Jorge – Açores );

- FRANCISCO JORGE DE SOUZA ( * Freguesia de Pesqueira /Arcebispado de Lisboa - Portugal ) c/c PÁSCOA DA SILVA ( * Ilha do faial / Açores / Portugal );

- MANOEL DA SILVA VARGES ( * 1687 –Freguesia de Várzea de Trevões, Concelho de São João da Pesqueira, Bispado de Lamego - Portugal) c/c PÁSCOA MARIA DA RESSURREIÇÃO (* 1697 – Freguesia de Santa Maria / Ilha do Faial – Açores / Portugal );

- ANTÔNIO VIEIRA DA ROSA ( * 1704 - Freg. de N.Sra. do Rosário / do lugar de Rozales / Ilha de São Jorge / Açores / Portugal ) c/c THEREZA MARIA PEREIRA DE SOUZA ( * 1714 - freg. de N. Sra. das Neves / do lugar do Norte Grande / Ilha de São Jorge / Açores / Portugal );

- SEBASTIÃO ALBERNAZ, o Velho - ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c MARIA DA ALMANÇA ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- MANUEL JORGE ( * Aprox. 1606 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c MARIA VIEIRA ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- ANTÔNIO ALBERNAZ ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c MARIA FERNANDES ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- Capitão-Mor ANTÃO DE ÁVILA BETTENCOURT - ( * Aprox. 1554 - Lajes do Pico / Ilha do Pico / Açores / Portugal ) c/c ÁGUEDA DE BRUM SILVEIRA ( * Após 1570 - Ilha Terceira / Açores / Portugal );

- PEDRO NUNES TENÓRIO ( *1667 - Santo Amaro - SP ) c/c JERÔNIMA PAES;

- Capitão MIGUEL GARCIA LUMBRIA ( * 1661 - São Paulo - SP / + 15/07/1721 - Sorocaba - SP ) c/c SEBASTIANA MOREIRA CABRAL ( * Sorocaba - SP );

- MANUEL RODRIGUES EVANGELHO c/c MARIA DE ÁVILA;

- BARTOLOMEU DIAS RODRIGUES c/c JOANA DE SÃO FRANCISCO;

- EUQUÉRIO JOSÉ DE ARAÚJO (*Minas Gerais) c/c FELICIA MENDES ( *Jacareí - SP );

- JOÃO DE CAMPOS MACIEL ( * Aprox. 1737 - Guaratinguetá - SP ) c/c MARIA DO PRADO DE MORAES;


Geração ( SEPTANETO ) de:

- JOÃO CAETANO DE SOUZA ( * 08/06/1730 - Freg. N.Sra. do Rosário – Ilha de São Jorge - Açores / Portugal ) c/c JOANA MARIA DA RESSURREIÇÃO ( * 1739 - Freg. de Sant'Anna / Ilha de São Jorge - Açores / Portugal ) ;

- JOÃO DA SILVA E SOUZA ( * 1656 - Freg. de São Bartolomeu / Termo de Óbitos ) c/c ANNA DO ESPÍRITO SANTO ( *1718 - Colônia do Sacramento / Uruguai ).

- AMARO NUNES PAES ( * Aprox. 1709 - Santo Amaro - Bispado de São Paulo ) c/c ISABEL JOÃO CABRAL GARCIA - ( * 15/06/1727 - Sorocaba - Bispado de São Paulo ).

- JOÃO RODRIGUES EVANGELHO ( * Freguesia de N.Sra. da Pena das Fontainhas / Ilha Terceira / Açores / Portugal ) c/c MARIA DE SÃO MATHEUS ( * Aprox. 1734 - Freg. de São Mateus / Angra );

- CARLOS LOPES DE MORAES ( * Guimarães / Braga / Portugal ) c/c MARIA FERNANDES ( * Guimarães / Braga / Portugal );

- IGNÁCIO MENDES c/c FELICIA DE CAMPOS MACIEL (*Aprox. 1762 - Triunfo - RS );

- AMARO ALBERNAZ ( * Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c FRANCISCA VIEIRA ( * Aprox. 1662 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- FRANCISCO FERNANDES ( * Aprox. 1634 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c MARIA DE ÁVILA ( * Aprox. 1659 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

8ª Geração ( HEXANETO ) de:

- FRANCISCO FERREIRA DE SOUZA ( * 27/02/1744 – Estreito – RS ) c/c LAUREANA IGNÁCIA MARIA DE JESUS ( * 25/06/1755 – Estreito – RS );

- MANOEL DA SILVA MOTTA ( * Freg.de São Julião do Freixo / Arcebispado de Braga – Portugal ) c/c AGUEDA THEREZA ( *Freg. de São João do Souto/Arc.de Braga – Portugal );

- CUSTÓDIO BARBOSA c/c MARIA TEIXEIRA.

- ANTÔNIO ALVES SANCHES ( * Aprox. 1676 - Ilha de São Jorge / Açores / Portugal ) c/c FRANCISCA DO ROSARIO ( * Ilha de São Jorge / Açores / Portugal );

- GONÇALO NUNES GARCIA (* Aprox. 1734 - Mogi-Guaçu / Bispado de São Paulo - SP ) c/c ROSA MARIA DO NASCIMENTO (* Aprox. 17138 - Desterro - SC );

- FRANCISCO DUARTE DE FARIAS ( * 23/11/1696 - Freguesia de São Mateus da Ribeirinha / Horta / Açores / Portugal ) c/c TEREZA ROSA DE JESUS ( * 10/06/1712 - Freguesia de São mateus da Ribeirinha / Açores / Portugal );

- MATEUS DA ROSA ( * Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c FRANCISCA ROSA ( * Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- DOMINGOS JORGE DE FARIA ALBERNAZ ( * Aprox. 1691 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c ANA MARIA DE ÁVILA ( * Aprox. 1692 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- MATIAS RODRIGUES HOMEM ( * Ilha do Pico / Açores ) c/c ANA MARIA DE SOUZA ( * Estreito - RS );

- FERNANDO LOPES DE MORAES ( * Aprox. 1767 - Sanguedo, Aveiro, Portugal ) c/c FELICIA DO PRADO DE MORAES ( * 1779 - Triunfo - RS );

- MANOEL JOAQUIM DE ANDRADE ( * Santo Antônio da Lapa - PR ) c/c MARIA DA CONCEIÇÃO QUEVEDO;

- ANTÔNIO JACINTO PEREIRA c/c MARIA IGNÁCIA PEREIRA DA TERRA;

- JOSÉ DA ROSA GONÇALVES c/c MARIA;

Geração ( PENTANETO ) de:

- ANTÔNIO DA SILVA MOTTA ( * 1766 - Freg.de São Julião do Freixo / Arcebispado de Braga – Portugal ) c/c LUCINDA MARIA IGNÁCIA DE JESUS FERREIRA ( * 27/03/1774 – Estreito – RS ) ;

- HENRIQUE JOSÉ BARBOSA ( * Guilhufe / Portugal ) c/c MARIA DO NASCIMENTO ( * Bispado do Porto – Portugal );

- MANOEL JOSÉ CARDOSO ( * São Paulo - SP ) c/c JOAQUINA MARIA DA CONCEIÇÃO ( * Viamão - RS );

- PEDRO DE LA PUENTE c/c FRANCISCA DO CABO;

- MANUEL GIL ( * Santiago, Galicia – Espanha ) c/c VICENTA IGLESIAS (* Santiago, Galicia – Espanha );

- JACINTHO NUNES GARCIA ( * 13/04/1779 - Estreito – RS ) c/c LUDOVINA MARIA DA CONCEIÇÃO ( * Aprox. 1794 - Canguçu – RS );

- MANOEL DUARTE DE FARIAS ( * 09/10/1750 - Freguesia de São Mateus da Ribeirinha / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c FRANCISCA DA ROSA , filha ( * Freguesia de São Mateus da Ribeirinha / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) ;

- MANOEL DE FARIA ALBERNAZ ( * 30/06/1724 - Cedros / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c ROSA MARIA FRANCISCA ( * 02/07/1728 - Salão / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal );

- JOSÉ D'AVILA ROSA ( * Santa Catarina ) c/c INÁCIA PEREIRA DA TERRA ( * Rio Grande - RS );

- JOÃO DE MEDINA MARTINS c/c JULIANA MARIA DE JESUS ;

- MANOEL FERNANDES LESSA ( ou LEÇA ) ( * Ilha da Madeira / Portugal ) c/c LUIZA DA PONTE ( * Ilha da Madeira / Portugal);

- FRANCISCO JOSÉ ALVES DO ESTREITO (* Ilha de São Jorge – Açores ) c/c MATHILDES IGNÁCIA LAUREANA DE JESUS ( * 29/03/1780 – Estreito – RS );

- FORTUNATO LOPES DE MORAES ( * Canguçu - RS ) c/c MARIA DA CONCEIÇÃO ANDRADE;

6ª geração ( TETRANETO ) de:

- ANTÔNIO JOSÉ BARBOSA ( * 13/08/1786 – Guilhufe / Portugal ) c/c MARIA DA SILVA MOTTA ( * 06/06/1800 – Canguçu – RS );

- MANOEL JOSÉ CARDOSO FILHO ( * 27/03/1788 - Santo Amaro do Sul - RS ) c/c MATHILDES IGNÁCIA DA SILVA MOTTA ( * 27/12/1795 - Rio Grande - RS ) ;

-VENTURA DE LA PUENTE ( * 1774 - Santiago de Compostela / Galicia / Espanha ) c/c JOSEFA AQUILINA GIL ( * Zamora, Castilla La Vieja - Espanha );

- PATRICIO DE SOUZA c/c IZABEL GIL;

- ANTÔNIO DUARTE DE FARIA ( * 18/12/1779 - Freguesia de São Mateus da Ribeirinha / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c ROSA FRANCISCA;

- MATEUS DUARTE DE FARIA ( * 28/08/1778 - Freguesia de São Mateus da Ribeirinha / Horta / Ilha do Faial / Açores / Portugal ) c/c FRANCISCA INÁCIA D'AVILA ( * Rio Grande - RS ) ;

- FÉLIX NUNES GARCIA ( * 08/06/1818 - Canguçu – RS ) c/c ANA DE MEDINA MARTINS ( * Canguçu - RS );

- ANTÔNIO FERNANDES LESSA ( * 1759 - Canhas - Ilha da Madeira / Portugal ) c/c MARIA LAURA DA CONCEIÇÃO ( * 1793 – Estreito – RS );

- ANTÔNIO FAGUNDES c/c JULIANA MARIA DE JESUS;

- JOSÉ LOPES DE MORAES ( * 08/09/1835 - Canguçu - RS ) c/c CLAUDINA LOPES DOS SANTOS;

- FRANCISCO JESUS IRIBARREM (* França ) c/c JOAQUINA VIEIRA DA ROSA;

- PLÁCIDO RODRIGUES DE BORBA c/c MARIA RODRIGUES DE BORBA ( Bugra Uruguaia );

5ª Geração ( trineto ) de:

- ANTÔNIO JOSÉ BARBOSA FILHO ( * 30/07/1815 – Canguçu – RS ) c/c LUCINDA JOAQUINA DA SILVA CARDOSO ( * 13/05/1818 – Canguçu – RS );

- JOSÉ MARTINIANO (PÉPE) PUENTE ( * 1807 - Estado Oriental / Uruguai ) c/c CLAUDINA DE SOUZA ( * 1820 - Canguçu - RS );

- JOÃO PAULO DUARTE c/c ANNA BERNARDINA D’AVILA DUARTE;

- BALTAZAR NUNES GARCIA ( * 21/05/1849 – Canguçu – RS ) c/c ROSALINA NUNES GARCIA ;

- SERAFIM RODRIGUES GOULART c/c GERTRUDES RODRIGUES DE BORBA ( * Aprox. 1877 - São Lourenço do Sul - RS );

- THEÓFILO LOPES DE MORAES c/c JULIA IRIBARREM;

- MANOEL ANTÔNIO ( MANECO ) LESSA ( * 08/11/1817 – Canguçu – RS ) c/c MARIA ISABEL FAGUNDES;

- JOSÉ FRANCISCO DE VARGAS c/c CÂNDIDA JOAQUINA PINTO;

4ª geração ( BISNETO ) de:

- POMPEU JOSÉ BARBOSA ( * 27/02/1859 – Canguçu – RS ) c/c MARIA DA CONCEIÇÃO PUENTE ( * 26/01/1864 – Canguçu – RS );

- ANTÔNIO FLORÊNCIO (NICO) DUARTE ( * 07/11/1852 ) c/c ERNESTINA (MIMOSA) NUNES GARCIA ( * 12/10/1883 - Canguçu - RS ) ;

- SATURNINO ILUMINATO (SATURNO) GOULART ( * 29/11/1897 – São Lourenço do Sul – RS ) c/c OTÍLIA IRIBARREM DE MORAES ( * 09/08/1893 – São Lourenço do Sul – RS );

- JOAQUIM FAGUNDES (QUINCAS) LESSA ( * 25/08/1872 ) c/c ANA CÂNDIDA VARGAS ( * 16/12/1882 ).

3ª Geração ( neto ) de:

- JOSÉ LUIS PUENTE (PEPITO) BARBOSA ( * 19/08/1905 – Canguçu – RS ) c/c ROSALINA (ROSINHA) NUNES DUARTE ( * 02/12/1902 – Canguçu – RS );

- HERNANDES MORAES GOULART ( * 26/04/1919 – Boqueirão / São Lourenço do Sul – RS ) c/c MARIA VARGAS LESSA ( * 01/08/1923 – Florida / Canguçu – RS ).

2ª Geração ( FILHO ) de:

- JAIME DUARTE BARBOSA (* 28/02/1942 - Canguçu - RS ) e

- MARIA TEREZINHA LESSA GOULART (* 13/08/1949 - Canguçu - RS )

Leon Tolstoi

Leon Tolstoi

Pouco Importa...

Pouco Importa...

O que mais me preocupa...

O que mais me preocupa...

NUNCA DEIXES DE SORRIR...

NUNCA DEIXES DE SORRIR...

Carlitos

Carlitos

Jose Marti

Jose Marti

Grande Poetinha...

Grande Poetinha...

Canguçu - Panorâmica da minha janela

Canguçu - Panorâmica da minha janela

Canguçu - A Princesa dos Tapes

Canguçu - A Princesa dos Tapes
Vista Parcial da Cidade

Canguçu - vista da Vila do Céu - 2008

Canguçu - vista da Vila do Céu - 2008

CANGUÇU - Vista do Google Earth

CANGUÇU - Vista do Google Earth
Fevereiro de 2009

CAMPEÃO DO MUNDO - FIFA 2006

CAMPEÃO DO MUNDO - FIFA 2006

CAMPEÃO SUL AMERICANO - 13/12/2008

CAMPEÃO SUL AMERICANO - 13/12/2008

.............

.............

A Vida é boa...o Vinho melhor ainda !

A Vida é boa...o Vinho melhor ainda !